10 dicas para proteger seus bens – e a si mesmo – durante um show

Aqui na Pier nós protegemos o seu celular contra roubo e furto, e isso significa que você pode ficar muito mais tranquilo se quiser levá-lo para um show ou evento com muita gente.

Mas também sabemos que ninguém gostaria de ficar sem celular, mesmo sendo um membro da nossa comunidade, assim como ninguém gostaria de ter outros bens furtados ou roubados em um momento que deveria ser de descontração e não de susto, não é mesmo? 

Por essa razão, separamos algumas dicas para que você possa se manter em segurança e proteger os seus bens – e a si mesmo – ainda que esteja no meio de uma multidão. Pronto para conferir?

1. Cuidados com objetos de valor

A primeira é não portar ou tomar muito cuidado com objetos de valor, especialmente aqueles que tenham, além de valor em dinheiro, valor sentimental. Pode parecer óbvio, mas muita gente vacila e só vai dar conta de que está com aquele par de brincos lindos – de ouro – ou a correntinha que os avós deram de presente – também de ouro – na porta do estádio.

E, como já dissemos anteriormente, se você quiser levar o seu super celular e for um membro da Pier, já estará protegido contra roubo e furto. Mas tomar cuidados adicionais quando estiver com ele pode evitar sustos desnecessários.

2. Não coloque todos os objetos em um mesmo lugar

Dos “poucos” objetos que você deve levar, a melhor dica é não juntar tudo num mesmo lugar. Por exemplo, colocar todo o dinheiro, cartões, ingresso do show e demais coisas que você pode precisar, na carteira. Distribua pelo corpo. Deixe um pouco de dinheiro, o suficiente para tomar um táxi ou uma condução, dentro de uma meia por exemplo. 

Outra dica: a doleira. Sabe aquelas bolsinhas que parecem uma pochete, mas são mais finas e a gente coloca ao redor da cintura, por debaixo da roupa? Coloque um dinheirinho lá também. E nunca coloque objetos em bolsos, a menos que eles tenham zíper e fiquem do lado de dentro da vestimenta. Meter o celular no bolso de trás da calça jeans é pedir para ser roubado…

3. Passe um pente-fino em você mesmo antes de sair de casa

Roupa leve, descontraída, com o menor número de adereços possível é o ideal. Até porque as pessoas se soltam durante um show e você não quer que o animado da fila da frente enrosque a mão no seu enorme brinco de argola e leve um pedaço da sua orelha junto, certo?

Você não acreditaria no número de pessoas que saem machucadas de um evento deste tipo porque deu a “sorte” de ficar ao lado de alguém (muito) desastrado. Certifique-se de também estar com um calçado confortável e seguro. Levar pisões no pé “sem querer”, além de doer, pode causar um dano mais sério. Principalmente se for de um salto alto. Aposte na roupa descomplicada e tênis. Também é mais fácil de se locomover, caso haja tumulto.

4. Pense mais vezes se aquele lugar é para você

Se você pretende assistir a um grande show de rock, especialmente desses de festivais, ou até mesmo um super show sertanejo ou ainda se acabar num trio-elétrico, pense duas vezes. Será que é o lugar para você? Quando o tema é segurança, não se trata apenas de não ser roubado ou perder dinheiro, coisas do gênero.

Se você está bem no meio de cem mil pessoas e passa mal, com uma súbita queda de pressão, sente tonturas, precisa usar o banheiro com urgência, etc., não tem o que fazer. É isso mesmo o que você leu: não tem o que fazer. No mínimo, vai demorar muito – muito! – até uma ajuda chegar perto de você (bombeiros, segurança, o Super-Homem). Avalie…

5. Escolha um lugar seguro

Se você for do tipo destemido que não perde um show da sua banda favorita e não tem ninguém para te acompanhar desta vez, escolha um lugar mais seguro. Evite ir na pista, no meio da multidão. Acredite, estar em turma ajuda muito em situações de emergência ou de descontrole (lembre-se sempre: você estará em um lugar cheio de gente). Portanto, aventure-se quando tiver os amigos para dar um help na hora do aperto. Em voo solo, vá de cadeira, bem confortável, e em local “civilizado”.

6. Se organize para chegar e ir embora

Já calculou bem onde para o ônibus, o quanto você precisa andar até a porta do local, se tem linha de metrô/trem e qual é, se é fácil pegar Uber na região? Também já se informou a respeito do horário de encerramento das atividades do transporte público? 

No Brasil, de modo geral, o transporte público não funciona 24h por dia, salvo em algumas datas como Natal e Ano Novo e apenas em algumas grandes capitais. Por isso, é importante ter essas informações à mão. Se for de carro, certifique-se também sobre o horário de funcionamento do estacionamento e o valor para o tempo todo que precisará deixá-lo no local. 

Não se preveniu e ficou na rua no final do show? Fique perto de um grupo de pessoas que também estavam no evento. Geralmente, elas se aglomeram em um ponto de ônibus ou em um terminal de trem/metrô, esperando a primeira condução do dia. Não fique sozinho de forma alguma.

7. Cuidado com cambistas e flanelinhas

Não compre ingressos de cambistas. Não deixe o seu carro na rua aos “cuidados” de flanelinhas. Não compre água e afins de vendedores não credenciados e coisas do tipo. Todas essas pessoas que ficam ao redor dos locais onde há grandes eventos, tentando empurrar produtos “alternativos” para cima de você, fazem parte de uma rede de ações não lícitas que podem te causar muita dor de cabeça.

Ingressos de cambistas têm sérias chances de serem falsificados, e aqui na Pier, nós apoiamos acima de tudo a honestidade. Além disso, alimentos comprados fora dos pontos habilitados para o show podem estar contaminados com uma porção de substâncias prejudiciais à saúde. Fique atento.

8. Não se esqueça de levar o recarregador do celular

Já faz tempo que o celular passou a ser também um item de segurança para as mais variadas situações, desde chamar um aplicativo de transporte ou táxi até a polícia, em um caso mais extremo. É comum gastar toda a bateria na fissura de querer registrar o momento e depois, no final do show, ficar a zero. Previna-se. 

9.Tente não levar mochilas ou bolsas grandes

O ideal é distribuir o dinheiro/cartões pelo corpo e levar uma bolsinha dessas que atravessam o torso em diagonal ou, melhor ainda, uma pochete. Você vai querer ficar com as mãos livres para dançar, gesticular, abraçar o amigo em prantos quando o vocalista da banda acenar para você e, principalmente, despreocupado se os seus pertences estão em segurança. 

10. Feito o check-list dos pontos acima e sendo membro da Pier, apenas relaxe

Vá ao seu show e divirta-se o máximo que puder. Afinal, o seu artista favorito não vai ficar na sua frente para sempre. Se quiser levar o celular e você for um membro da Pier, aproveite para tirar muitas fotos sem deixar de tomar os cuidados necessários. Fazendo isso, é só aproveitar e ser feliz! Nós apoiamos uma vida com mais leveza e menos preocupações. 

Deixe uma resposta