Shows imperdíveis para curtir em 2020

O ano ainda nem acabou e 2020 já promete ser intenso no que diz respeito a shows imperdíveis. Como a gente sabe que os membros da Pier adoram curtir de perto seus artistas e bandas favoritos (com a vantagem de terem seus smartphones protegidos) fizemos este artigo para te ajudar a organizar o calendário!

Só no primeiro semestre, já está confirmada uma bateria incrível de apresentações internacionais, algumas já com ingressos à venda (corra e garanta o seu!). Veja alguns highlights já confirmados mês a mês ainda no primeiro semestre: 

Sammy Hagar & The Circle

Responsável por alguns dos maiores hits da sua passagem pelo Van Halen, como “I can’t stop loving you”, Sammy Hagar continua com projetos incríveis em outras bandas (confira seu trabalho com o Chickenfoot) e também em voo solo. 

Em março, o americano aterrissa com a sua banda The Circle no Brasil para uma série de três shows: Rio de Janeiro (18), Porto Alegre (20) e São Paulo (22).

No setlist, clássicos do Van Halen e também do Led Zeppelin, já que quem defende a “cozinha” do The Circle é ninguém menos que Jason Bonham, filho de John Bonham, o lendário baterista da banda inglesa. Os ingressos já estão à venda pelo Freepass

Guns N Roses & The Strokes, no Lollapalooza

Axl, Slash e Duff. Você lê estes três nomes e o coração já vem à boca? Nem disfarce: você (também) é um “gunner”.

O grupo desembarca mais uma vez no Brasil em abril, como headliner do Lollapalooza, trazendo os seus maiores hits e toda aquela energia que só Axl Rose sabe imprimir no palco. Há chances de se apresentarem em outras cidades também, mas nada confirmado por enquanto. 

Além do Guns, outra apresentação imperdível do Lolla é a dos nova-yorkinos do The Strokes.

Na estrada desde o fim dos anos 90, a banda do vocalista Julian Casablancas traz na mala sucessos como as dançantes Someday e Last Nite, entre outros. O The Strokes também fará o headline do festival e você já pode comprar os ingressos no site oficial do Lollapalooza

Kirk Hammett e James Hetfield, do Metallica, em show no Lollapalooza 2017 — Foto: Marcelo Brandt/G1

Metallica com Greta Van Fleet

O primeiro show do Metallica no Brasil foi há exatos 30 anos, mas desde 2010 a banda vem quase que anualmente ao país. Pudera, os americanos têm um secto gigante e fiel de fãs brasileiros que lotam os estádios por onde eles passam.

Em 2020, eles se apresentam no fim de abril em quatro cidades: Porto Alegre (21), Curitiba (23), São Paulo (25) e Belo Horizonte (27). 

De lambuja, trazem a banda-sensação do novo cenário do rock, Greta Van Fleet. O Greta está sempre envolvido em polêmica, pois o público roqueiro ainda não decidiu se os meninos não passam de um kids cover do Led Zeppelin ou se realmente são uma das bandas de maior valor da sua geração.

Ainda que lembrem – e muito – o estilo de Plant e cia., é inegável afirmar que o som do grupo liderado pelos gêmeos Josh Kiszka e Jake Kiszka é de arrepiar e tem, sim, potencial para continuar figurando entre as grandes bandas que surgiram a partir de 2000.

Quer conferir de perto? Veja se ainda há ingressos no site do Eventim

Divulgação

KISS

“The hottest band in the world… KISS!” A primeira música do setlist dos shows da icônica banda americana, KISS, é “Rock and roll”, do Led Zeppelin, ali ainda antes de as cortinas se abrirem e os quatro cavalheiros de Nova York (ou metade deles) literalmente tocarem fogo no palco.

Não é para menos, o Led é uma das bandas favoritas de Paul Stanley e lá se vão 46 anos de “rock’n’roll all nite” (“and party every day…”) da banda que mais vendeu discos na história do rock mundial. 

Após cinco anos desde a última turnê no Brasil, o KISS está de volta, desta vez para encerrar as atividades.

“Acreditem, agora é pra valer”, tuitou Nick Simmons, o filho de Gene Simmons, co-fundador da banda, quando eles anunciaram o início da The End of the Road Tour, algo como o “fim da linha” para os mascarados. 

Será? Os die-hard fans, espalhados pelo mundo todo, conservam um fio de esperança, mas a verdade é que Paul e Gene já estão em idade avançada, especialmente Simmons que completou 70 anos este ano.

As pesadas vestimentas e a paixão com que Paul Stanley sempre incendiou os vocais da banda cobraram o seu preço. E é por isso que você não pode se dar ao luxo de não ver o KISS pela última vez.

Os links para as compras dos ingressos dos shows – que acontecem em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Ribeirão Preto, Uberlândia e Brasília você encontra aqui.

Richard Shorwell / Invision

Billie Eilish 

Considerada como um dos novos prodígios do pop, Billie Eilish ficou conhecida depois de enviar alguns de seus singles para a plataforma SoundCloud e viralizar rapidamente no mundo todo. De lá para cá, ou melhor, de 2017 até hoje, vem colecionando platina e ouro nas premiações das principais instituições da indústria americana da música, como a RIAA (Associação Americana da Indústria de Gravação): por “Lovely” e “When the party is over”, por exemplo. 

Billie também fez parte da trilha da série “13 reasons why” e tem encantado os ouvidos do mundo com a sua doce, tecnicamente precisa voz em letras ácidas como em “Wish you were gay” ou na estonteante “Idontwannabeyouanymore” (tudo junto mesmo), do seu álbum de estreia “Don’t smile at me”. Por este single, alcançou mais de um 1 milhão de cópias vendidas apenas nos Estados Unidos. Billie desafia as expectativas da música mainstream, segundo a imprensa americana e estará no Brasil para a turnê “Where do we go” também em maio. Os ingressos vão ser vendidos no site da Eventim. Fique de olho. 

Taylor Swift

A cantora americana, que já se apresentou em um pocket show fechado em 2012 no Brasil, vem pela primeira vez ao país em uma turnê. Ela se apresenta no Allianz Parque, em São Paulo, nos dias 18 e 19 de julho.

Na turnê, os fãs vão poder conferir de perto o álbum “Lover”, que Taylor lançou neste ano de 2019. Desde 1º de novembro os ingressos são vendidos pelo site da Tickets for Fun.



Deixe uma resposta