9 apps do bem: Seu celular pode te ajudar na busca por plenitude

“Os dias talvez sejam iguais para um relógio, mas não para um homem” (Marcel Proust)

Tempo. O que de mais precioso temos na vida talvez nem sempre seja usado da maneira mais equilibrada. Vivemos as 24hs do dia sem prestar muita atenção e, quando nos damos conta, já se foram não 24, mas 240 horas, um ano, uma vida. Temos certeza que encontrar equilíbrio no uso do tempo é fundamental, e isso faz parte dos valores da Pier. Acreditamos em trabalho duro, mas também em respiros necessários para recarregar as baterias. Acreditamos nas maravilhas que a tecnologia nos proporciona, mas também ressaltamos a importância, o tempo todo, dos benefícios da desconexão. Como você anda equilibrando seu tempo?

Nós protegemos aparelhos celulares contra roubo e furto, e aparelhos celulares hoje são quase uma extensão do ser humano. O celular já se tornou a principal forma de acesso à internet no País, e o Brasil segundo pesquisa da Hootsuite divulgada no ano passado pelo portal We are Social, é o terceiro país do mundo com maior tempo de uso diário da internet. Em média, brasileiros navegam 9h14m por dia através de qualquer device. O primeira na lista é a Tailândia, com 9h38m, e o segundo as Filipinas, com 9h29m. Esses números podem ter mudado, mas em princípio significam que um brasileiro médio que acorda às 8h por exemplo, estará até às 17h38m navegando na internet se a navegação for realizada de forma contínua. O que você acha disso?

A mesma pesquisa indicou que com relação ao tempo gasto em redes sociais, o Brasil está em segundo lugar no ranking. São 3h39m diárias em média.


Celular + Internet = como aproveitar melhor este tempo?

Diante dessas conclusões, é fácil constatar que celulares conectados à internet acabam “roubando” parte de nosso tempo, mas não poderíamos aproveitar para fazer exatamente o contrário? Não estaria em nossas mãos procurar usar o celular como uma ferramenta que também pode ser positiva em nossa busca por certa desconexão com o mundo e conexão a nós mesmos? Ou seria um paradoxo?

A paz de espírito que tanto almejamos, e que tratamos em detalhes no texto Pier no Divã: uma conversa sobre a busca da plenitude, também prevê desconexão em alguns momentos. E, se não é possível desconectar, por que não pensar no uso do smartphone de forma mais positiva visando à busca de momentos mais plenos? Talvez a facilidade com que estejam espalhados por aí também possa auxiliar a tornar acessível processos como a meditação e o mindfulness. Por que não?

“A consciência é a maior alquimia que existe. Apenas fique cada vez mais consciente, e você descobrirá que sua vida muda para a melhor em todas as dimensões possíveis. Isso lhe trará uma grande satisfação“ (Osho).

Segundo matéria publicada na Mindful, os apps de meditação podem ajudar os usuários a verem a prática de mindfulness como algo que faz parte da vida, mas é preciso tomar cuidado com o risco de que isso se torne apenas mais um hábito relacionado à tecnologia. Segundo Richard Davidson, um dos maiores pesquisadores do mundo na área de neurociência e mindfulness (também citado na matéria), ainda não há evidências científicas que mostrem que os apps de mindfulness funcionem.

Há, entretanto, uma pesquisa divulgada em 2018 pela Universidade de Lancaster, no Reino Unido, que filtrou aplicativos de mindfulness na categoria 3 e 5 estrelas. Dentre os 16 mais populares e potencialmente úteis, foi estudado de forma experimental um deles, o Headspace. O estudo mostrou diminuição da depressão e aumento das emoções positivas após um período de 10 dias de uso. Com relação aos outros apps, porém, não houve estudo, portanto, não significa que não funcionem. A expectativa de cientistas que estudam o tema é ter maior entendimento sobre o assunto no longo prazo.

Como começar? — Cabe a você decidir o uso que deseja fazer de seu smartphone, mas decidimos trazer uma lista de 9 aplicativos para quem quer começar a usá-lo para ter acesso a mensagens positivas, se exercitar de forma regular ou meditar, entre outras atividades que possam trazer plenitude. Que tal escolher um ou outro desses apps e iniciar já uma viagem para dentro de si mesmo?

  1. Calm — Meditate, Sleep, Relax — Assim como o nome sugere, o Calm é um dos principais aplicativos de meditação para manter a mente relaxada. O app, que roda tanto em aparelhos Android quanto iOS, oferece sessões de meditação guiada de 3, 5, 10, 15, 20 ou 25 minutos sobre tópicos como ansiedade, sono profundo, autoestima e novos hábitos. É indicado para iniciantes, mas também inclui programas para usuários intermediários e avançados.
  2. Omvana — Disponível apenas para iOS, esse app é simples e fácil de usar. Há diferentes tipos de meditação e todas elas fornecem um informações para que o exercício seja feito da melhor maneira. É possível ainda dizer ao aplicativo como você está se sentindo, assim, ele mesmo escolhe a meditação que mais combina com seu momento.
  3. Buddhify — Mais um aplicativo de meditação para telefones iOS e Android. Você pode usar o Buddhify em qualquer lugar, em casa, no trabalho, no trânsito, no avião. Você diz ao app onde está e como está se sentindo e ele orienta a meditação mais indicada. Você pode ainda escolher se quer ouvir uma voz feminina ou masculina para guiá-lo no exercício.
  4. Headspace — Um dos apps de meditação e relaxamento mais conhecidos no mundo inteiro. Em versões para Android e iOS, ele oferece um pacote básico gratuito de 10 dias chamado “Take 10″. São 10 minutos de prática por dia e, para ter acesso às demais faixas — que tratam de temas como trabalho e produtividade, estresse e ansiedade, sono, crescimento pessoal, entre outros — fazer uma assinatura mensal ou anual. O conteúdo do app é dinâmico e pode ser usado tanto para quem nunca meditou quanto por quem já tem prática no assunto.
  5. Medite-se — O app, desenvolvido por uma equipe brasileira, conta com a narração de Tadashi Kadomoto. Ele é terapeuta transpessoal, com formação em PNL, Hipnose Ericsoniana, Renascimento, Terapia de Vidas Passadas, Despertar da Consciência Humana com técnicas xamânicas e Física Quântica. O objetivo do aplicativo é tornar a meditação mais acessível ao público, por isso, conta com visual fácil de navegar, está dividido em seções e pode ser usado em qualquer lugar, por poucos minutos ao dia. Além disso, você pode fazer o download dos áudios para ouvi-los offline. Está disponível para Android e iOS.
  6. Vivo Meditação — Na versão gratuita desse app é possível conhecer os fundamentos da meditação e acessar alguns exercícios experimentais. As práticas ajudam a desenvolver a concentração e a capacidade de lidar com o estresse e a ansiedade e são guiadas pelo mestre Satyanatha, que atuou como monge no monastério indiano Kauai Aadheenam por sete anos. Entre as opções oferecidas pelo aplicativo estão dormir melhor e vida mais equilibrada. Tudo varia de acordo com o nível de domínio da técnica. Há ainda trilhas sonoras relaxantes, vídeos e animações que auxiliam na respiração, atenção plena e consciência corporal. Funciona em aparelhos iOS e Android.
  7. Zen — App de destaque em diversos países, foi eleito pela Apple como um dos “10 melhores Apps de 2016”. As faixas estão disponíveis em inglês, espanhol e português. Mas atenção: o aplicativo é pago e oferece três opções de assinaturas autorrenováveis: U$ 2,99 (R$ 12) por semana, U$ 5,99 (R$ 23) por mês e U$ 35,99 (R$ 140) por ano. Você pode usá-lo gratuitamente por sete dias. Durante esse período, é preciso cancelar a assinatura se não quiser ser cobrado no final. O Zen apresenta novas meditações guiadas toda semana para relaxamento, sono profundo, melhoras de humor, redução de ansiedade, diminuição de estresse, foco no trabalho, entre outros temas. Oferece ainda sons e vídeos, músicas para sono profundo, mantras e uma ferramenta exclusiva para monitorar seu humor. Pode ser usado em smartphones Android e iOS.
  8. Runtastic — Se você é adepto de atividades físicas como corrida, caminhada, bicicleta e yoga, considere baixar esse aplicativo. Integrado ao GPS do smartphone, ele coloca no mapa a trajetória do exercício e você pode acompanhar o progresso de seus treinos informando dados como duração, distância, velocidade e calorias queimadas. Com o Runtastic, você pode ainda formar grupos de amigos para treinar junto, participar de competições entre si e compartilhar seus resultados nas redes sociais. Disponível tanto para iOS quanto Android.
  9. 5 minutos — Criado pela ONG Mãos Sem Fronteiras, o 5 minutos é um aplicativo criado para lembrar você da hora certa de meditar. Com ele, você pode programar o melhor horário para a prática e controlar seu tempo de meditação. Como diz a descrição do app: “E se você parasse 5 minutos para não pensar em nada? Em nada, não: em você”. A proposta é que você pare por apenas 5 minutinhos todos os dias para encontrar paz e relaxamento em meio à correria do do dia a dia. Você pode fazer o download gratuito do app tanto em smarphones Android quanto iOS.


Marcações:

Deixe uma resposta