Confira um pouco do 1º encontro de membros da Pier

Aqui na Pier nós adoramos nos relacionar com nossos membros. Aproveitamos cada oportunidade que temos para entender melhor as necessidades deles, saber se estão satisfeitos, e também como é possível melhorar o que oferecemos! 

Por conta disso, recentemente organizamos um primeiro encontro no nosso escritório com dois membros muito especiais: o Elder e a Lavínia.

A Lavínia estuda engenharia mecânica e descobriu a Pier quando pesquisava no Google um seguro para seu novo iPhone 7 (que ainda nem tinha chegado!). O aplicativo da Pier foi o primeiro a ser instalado no celular novinho! 

Na época, ela nos comparou com outra empresa e preferiu a experiência da Pier de consultar o preço sem precisar pedir cotação. “Assim que o celular chegou eu falei: ‘Não vou sair de casa sem acionar meu seguro’. Aí eu configurei, já baixei, já conectei, já ativou, e aí eu falei: ‘Tá ótimo, já posso sair!'”, disse.

Já o Elder faz faculdade de marketing e trabalha com experiência do cliente. Em setembro deste ano, ele resolveu fazer uma viagem de férias para o Rio de Janeiro com a namorada e, depois de receber vários avisos dos amigos para tomar cuidado com o celular, resolveu buscar uma solução. Ele ficou surpreso por conseguir contratar a Pier em tão pouco tempo.

“A gente tá acostumado à parte de seguro bem burocrática, com documentação, e eu não imaginei que ia conseguir fazer isso em menos de 20, 30 minutos. Foi super rápido e a minha experiência foi muito boa: eu não precisei falar com ninguém, não precisei ler nada… eu só fui seguindo os passos do aplicativo, terminei o seguro, vi que estava protegido e falei ‘tranquilo’.”, contou. 

Construindo um sonho juntos!

A presença da Lavínia e do Elder na Pier foi um presente. A Marina, que cuida da comunidade, explica que o encontro com membros é uma forma de ouvirmos mais e conhecermos de perto as pessoas que estão construindo esse sonho junto com a gente! 

“Quem não gosta de receber os amigos em casa para tomar um café e trocar uma ideia? É esse sentimento que está por trás da iniciativa de nos encontrarmos com nossos membros. Enquanto a tecnologia faz sua parte e nos oferece dados importantes para entender nossa comunidade, a gente também sabe que nada substitui o contato humano, o olho no olho”, diz ela. 

E você? Topa tomar um café e bater um papo com a gente? Vamos adorar!

Marcações:

Deixe uma resposta