Cuidados com o carro na quarentena

O sol nasce e o seu despertador toca. Você vai tomar um banho pra espantar a preguiça, toma um café, escova os dentes e se veste pro trabalho. Pega a chave do carro, vai até ele, destrava o alarme e abre a porta. Coloca a mochila ou bolsa no banco do passageiro enquanto se posiciona no banco do motorista, fecha a porta e coloca o cinto de segurança. 

Depois disso vem a virada da chave na ignição: é quase como dar vida a um objeto inanimado. O tremor do motor no carro indica que a próxima aventura sobre as quatro rodas vai começar, mas não antes de você ligar o rádio na estação ou na playlist preferida que vai sera trilha sonora da manhã.

O que há alguns meses era uma manhã comum para quem contava com seu carro para os deslocamentos do dia a dia, tem se tornado um costume cada vez mais raro nesse período diferente em que vivemos. A quarentena, bloqueios de vias e medidas de distanciamento social causados pela pandemia da Covid-19 tem mudado a nossa rotina e a de nossos tão amados companheiros de estrada também. Nossos carros estão imobilizados por um longo período de tempo e aí uma questão muito importante surge: Preciso cuidar do meu carro, mesmo sem estar dirigindo ele nessa quarentena?

E a resposta é sim! 

“Quanto mais tempo os carros ficam parados maiores são as chances de desenvolverem problemas.” – Ryan Fulkerson, diretor de engenharia da Nissan América do Norte.

Para te ajudar preparamos um conjunto de cuidados para que assim que a quarentena acabar seu carro esteja tão bem quanto você.

Proteja seu carro contra danos físicos

A dica de ficar dentro de casa também vale pro seu carro! Quando possível estacione dentro de casa ou em estacionamentos cobertos. Uma exposição constante ao vento, chuva e raios UV pode danificar a pintura ou superfícies plásticas. #fiqueemcasacomseucarro

Além disso deixe o seu carro sempre limpo, a poeira e sujeira podem se acumular rapidamente em um veículo parado. Procure lavar em áreas cobertas e sem exposição direta ao sol. Lavar o seu carro pode ser uma maneira de aliviar um pouco o tédio dessa quarentena e ser uma boa atividade divertida para toda a família.

Prolongue a vida útil de sua bateria

Geralmente nem lembramos da bateria de nossos carros até que ela dá problema. É um fato conhecido que as baterias de carros tendem a descarregar quando ficamos muito tempo parados e o ideal é sempre deixá-las carregadas. Nesse período de quarentena desconecte o terminal negativo da bateria, isso ajuda a prolongar a vida útil da bateria em carros parados.

Mantenha os pneus cheios

Quando um veículo está estacionado na mesma posição por períodos prolongados, os pneus tendem a esvaziar e parados por meses podem causar deformações semi-permanentes nos pneus e deixá-los “quadrados”, o que pode gerar vibrações e ruídos indesejáveis durante a direção. A dica é que deixe seus pneu sempre cheios e encha com um pouco mais de pressão do que o normal antes de deixar parado por um período prolongado.

Caso não consiga enchê-los, para minimizar a deformação “quadrada”, uma opção é movimentar o carro alguns metros na garagem, para que os pneus não fiquem sempre em contato com o chão na mesma posição. E se nada disso for possível, assim que o veículo voltar a rodar, será preciso fazer uma avaliação com um profissional.

Cuidado com os fluídos vitais e com a gasolina também

Lubrificante do motor, fluido de transmissão, freio e arrefecimento devem ser checados periodicamente. Lembre-se assim que tudo isso passar checar os níveis em uma oficina de sua confiança.

Além desses fluídos, checar o combustível é muito importante! Pouca gente sabe, mas a gasolina também tem prazo de validade: ela se deteriora depois de três ou quatro meses. O que se recomenda é deixar um mínimo de gasolina no tanque, para que um mínimo de volume possível sofra esse processo de envelhecimento. E se possível, pelo menos nesse último abastecimento, antes de parar o carro, utilizar gasolina Podium, pois ela tem maior durabilidade que as outras. 

Mantenha seu motor saudável

O ideal é uma vez por semana dirigir seu carro por pelo menos 20 minutos. Isso ajuda a manter o motor saudável, as baterias recarregadas, reduz o esvaziamento dos pneus, garante circulação dos fluidos vitais ajudando a reduzir corrosão de componentes do motor e disco de freio. Mas dirigir não sendo uma opção você pode deixar o carro ligado por 15 minutinhos uma vez por semana, para ajudar na recirculação dos fluidos. Se optar por isso, lembre-se de que o ambiente deve ser aberto e ventilado, para que os gases liberados pelo carro não se acumulem na garagem.

E por fim, não deixe seu freio de mão acionado

Parado por muito tempo as pastilhas ou sapatas de freio podem se agarrar ao tambor ou disco e causar problemas durante a direção.

Para carros automáticos, basta colocar a marcha do carro na posição P. Em carros manuais é recomendado deixar engatada a primeira marcha ou a ré e usar calços de madeira para prevenir o carro de rolar. 

Mas, e se eu precisar sair de casa?

Uma noite precisei sair de carro fazer as compras no supermercado e percebi que durante uns 4 ou 5 minutos dirigindo não tinha visto nenhum outro carro na rua. Foi uma sensação estranha estar lá sozinho há tanto tempo. Eu me senti feliz que tantas pessoas estavam fazendo sua parte ficando em casa. 

Naquela noite pensei que provavelmente deve ser mais seguro dirigir nesse período de isolamento social do que antes. Investigando mais a fundo, estava certo, a última reportagem que saiu na revista Auto Esporte sinalizava uma queda de 46,7% dos acidentes em São Paulo. Porém mesmo sendo mais seguro, dirigir ainda é uma atividade que requer nossa completa atenção.

Hoje com menos pessoas e carros nas ruas podemos nos acostumar com o ambiente tranquilo e reduzir nossa taxa de atenção durante a atividade, portanto, lembre-se de sempre olhar para onde está dirigindo, checar retrovisores e deixar um espaço seguro entre os carros. 

É importante também ficar atento à sinalização. Os faróis, setas e buzinas servem para comunicar sua intenção no trânsito e não podemos deixar de utilizar a comunicação mesmo que você não esteja vendo ninguém ao seu redor. 

Vale a pena fazer seguro de carro na quarentena?

Com as pessoas e os carros ficando mais tempo em casa pode vir uma pergunta à mente: Será que vale a pena fazer seguro de carro durante essa pandemia?

Contratar um seguro é uma maneira de se proteger de riscos que sabemos que existem e garantir que podemos usar nosso item preferido com tranquilidade, seja um carro ou um celular.

O seguro da Pier cobre roubo e furto e oferece assistência 24h, com chaveiro, troca de pneu, guincho em um raio de 200km, pane seca, pane mecânica e elétrica e ainda tem renovação mensal, o que pode ser ideal para atender a necessidade das pessoas que precisam utilizar o carro nesse momento que estamos vivendo. Quer saber mais sobre ele? É só clicar aqui.

No fim das contas avaliar a sua rotina, sua exposição ao risco e o quanto você ficaria mais tranquilo se fizesse um seguro é o que vai te dar a resposta final. Mas com seguro ou sem, lembre-se de que os cuidados mecânicos são essenciais para que seu companheiro de quatro rodas também fique saudável.

Deixe uma resposta