Bloquear iPhone roubado: veja como fazer o Processo

Bloquear iPhone roubado: veja como fazer o Processo

Vamos lá, você quer saber como bloquear um iPhone roubado ? Então é bem provável que também tenha pouco tempo para ler introduções longas de artigos. Sendo assim, vamos direto ao assunto.

Hoje vamos explicar como bloquear iPhone roubado (ou perdido) . Quer uma dica antes de começarmos? Sempre tenha um seguro para seu aparelho e Clicar na estrelinha e salve este artigo entre os favoritos do seu navegador. Assim você pode ler ele sempre que precisar.

Ok, vamos lá. Sem mais demora!

Mais sobre iPhone: Quanto vale meu iPhone? Veja aqui uma tabela dos últimos modelos.

Rastrear o iPhone pelo iCloud

Antes de mais nada, aconselhamos que você tente rastrear o seu iPhone pelo iCloud.

Pois, pode ser que você tenha apenas perdido o aparelho, e uma pessoa honesta pode ter achado e está pronto para devolver.

Isso acontece muito, aliás. Então vejamos o passo a passo para fazer o rastreio, antes de bloquear o iPhone.

Como rastrear o iPhone

  1. Entre em icloud.com/#find para acessar o Buscar iPhone a partir de um computador;
  2. Faça login com o seu e-mail e senha do ID Apple (os mesmos usados ​​para fazer backup no iCloud);
  3. Aguarde a localização do seu dispositivo aparecer na tela. Caso ela não apareça, tente novamente em outro momento; pode ser que o celular estabeleça ou sem acesso à rede.
  4. Quando o celular ou computador for localizado, localize um mapa com a localização do seu aparelho.
  5. Use o zoom para localizar com exatidão onde está o seu celular
  6. Clique no botão (i) para acessar mais informações sobre o seu iPhone.

Este primeiro passo é fundamental para bloquear o iPhone roubado ou perdido. Entretanto, vamos imaginar que o aparelho jamais apareça no mapa para você, para isso também existe uma solução. Continue a leitura do artigo que nós vamos explicar como funciona.

Veja também: Seu Touch ID parou? Veja como recuperar essa função!

Bloquear o iPhone roubado ou perdido

Certo, agora você já sabe onde está o seu aparelho. Nesse momento, há algumas coisas que você pode fazer.

Vamos precisar pedir que tenha calma, e pense bem em cada uma delas, pois são importantes e algumas até irreversíveis. Vejamos:

  • Faça um boletim de ocorrência e acione o 190 – essa dica serve para quem tem certeza de que sofreu um furto. Jamais vá em busca do seu aparelho por conta própria em uma situação similar;
  • Acione o modo perdido: Ele bloqueia o iPhone e rastreia sua localização, mostrando um histórico de 24 horas por onde o celular passou. Também é possível colocar uma mensagem na tela de bloqueio, se o celular foi perdido, para alguém ver e ajudar a resgatá-lo;
  • Ative o modo Apagar iPhone: Este é irreversível e só pode ser usado caso você tenha certeza de que não terá o aparelho nas mãos outra vez. Se você não tem mais esperanças de recuperar o celular, pode apagar o conteúdo do dispositivo nesta opção. Depois de apagá-lo, ele não poderá ser mais encontrado.

Lembrando que as duas opções citadas acima aparecem ao clicar em (i) no mapa do rastreio.

Já a opção de acionar a polícia militar e fazer um boletim de Ocorrência é indispensável, caso você tenha um seguro e vá solicitar o reembolso.

Ainda mais dicas sobre FaceTime em grupo: como utilizar o aplicativo para salas de bate-papo.

Esqueceu de ativar o recurso “Buscar”? Não tem problema

Agora vamos imaginar que você foi bloquear o iPhone roubado e descobriu que não acionou o recurso Buscar. O aparelho não aparece no mapinha e é impossível saber onde ele se encontra.

Ok, temos uma solução para essa situação também.

Você pode bloquear o IMEI do seu aparelho, informando o número para a operadora – se não sabe como fazer isso, nós temos um artigo que explica em detalhes o que é, para que serve e como fazer o bloqueio.

Também há a possibilidade de bloquear o aparelho informando apenas o número para a operadora. Essa opção está disponível em alguns estados.

Você também pode iniciar o processo de bloqueio na delegacia onde foi fazer o boletim de ocorrência.

Saiba mais sobre como resolver o problema do iPhone desligando sozinho.

O que fazer após bloquear o seu iPhone?

Muito bem, celular bloqueado, o que fazer agora? Temos alguns passos que você deve seguir, e assim garantir a sua tranquilidade. Mas antes, convém explicar três situações:

  • Furto simples
  • Furto qualificado
  • Roubo

Seu iPhone não está mais com você, e você precisa entender qual é o termo correto para cada situação.

Assim a comunicação será mais fácil, tanto dentro da delegacia, quanto depois com a seguradora do seu celular – se bem que se você tem seguro Pier, a comunicação é simplificada em todos os momentos.

  • Bem, vamos lá: furto simples é quando o ladrão não tem contato com você, nem deixou vestígios de arrombamento. Imagine que o seu celular some da mesinha do bar.
  • Já o furto qualificado deixa para trás vestígios de arrombamento, o ladrão quebrou a janela do seu carro e furtou o iPhone do banco enquanto você não estava presente.
  • O roubo, por sua vez, é também chamado de assalto, quando você sofre uma ameaça ou uma imposição para entregar o iPhone. Neste caso, existe um contato direto entre você e o ladrão.

E por qual razão nós explicamos esses três termos? Pois muitos seguros não oferecem cobertura para um, ou mais de um, deles.

Já o seguro Pier, por outro lado, dá cobertura para os três, sem qualquer acréscimo no valor.

Leia em seguida: iPhone buscando rede ou sem serviço? Saiba o que pode ser feito!

Como pedir o reembolso do iPhone roubado aqui na Pier?

Por fim, se você é membro da Pier e infelizmente viveu a triste experiência de ter seu celular roubado, vamos explicar o que fazer após bloquear o iPhone.

O passo a passo é simples: faça o BO, faça o bloqueio do IMEI, acesse o nosso site (ou o aplicativo) e solicite o reembolso. Prontinho, depois do reembolso aprovado é só esperar o valor cair na conta.

Além de saber como bloquear o iPhone roubado, é importante ter um bom seguro de celular . Então, aproveite e conheça o seguro do cais , um serviço inteligente, descomplicado, com valor justo e sem burocracias.