celular, trocar de celular, trocar o celular

Como saber se está na hora de trocar de celular?

Como saber se está na hora de trocar de celular?

Trocar o celular: por mais que você seja apegado ao seu companheiro de todas as horas, de vez em quando chega o momento em que é preciso aposentá-lo e investir em um novo smartphone, certo?

Se você tem dúvida, veja agora 6 fatores que indicam que está na hora de trocar seu telefone. Mas lembre-se que, na Pier, independente do seu smartphone ser novo ou usado, ele é sempre bem-vindo!

Sistema desatualizado

Ilustração de celular de óculos e bigode, exemplificando um celular antigo

Smartphones com sistemas operacionais antigos apresentam menos recursos e poucas funcionalidades. Além disso, diversos aplicativos demandam versões atuais do sistema para serem instalados. Para completar, celulares desatualizados ficam mais expostos a riscos de segurança. Então, um sistema muito desatualizado pode sim ser motivo para trocar de celular.

Lentidão e travamento

Ilustração de aparelho lento, acompanhado de uma manivela para carregamento

Seu celular começou a travar ou anda lento demais? Então, tente observar quando isso acontece. Às vezes, pode ser reflexo de uma atualização que deu errado ou até mesmo um aplicativo que não funciona corretamente. No entanto, se estiver tudo certo e, mesmo assim, o smartphone continuar apresentando o problema, você pode levá-lo até uma assistência técnica para formatar. Em último caso, considere a troca do aparelho.

Tela com riscos

Ilustração de smartphone com a tela trincada

Uma queda aqui, um arranhadinho ali. Por mais cuidado que se tome, é bastante difícil impedir que a tela do smartphone ganhe alguns riscos ao longo do tempo. Na maioria das vezes, a situação acaba sendo contornável e você consegue utilizar o celular sem grandes prejuízos. Mas, aceite: se essas marcas começaram a te atrapalhar, é porque chegou a hora de dar adeus ao aparelho e comprar um novo.

Bateria

Ilustração de celular com a bateria baixa


Nesse caso, duas situações podem ocorrer: ou a bateria dura menos de um dia ou o celular desliga ainda que reste um pouco de carga. Pode até ser que o defeito venha de fábrica, mas em geral, quanto mais antigo o aparelho, mais difícil é manter a bateria carregada. Antes de investir em um novo smartphone, verifique se é possível trocar apenas a bateria. Caso contrário, pode ser um sinal de que o celular precisa ser substituído.

Superaquecimento

Ilustração de celular superaquecido, pegando fogo

Ao abrir aplicativos mais pesados, é comum sentir o aumento da temperatura do celular. O problema é quando isso acontece mesmo se o telefone estiver sendo pouco utilizado. Isso pode indicar que o aparelho já não consegue executar todas as tarefas como deveria. Você pode solicitar a ajuda de uma assistência técnica para resolver a questão. Se não conseguir, considere, de fato, a troca por uma versão mais nova.

Pouca memória

Ilustração de celular estufado, com pouca memória

Você já precisou deletar fotos e arquivos do celular porque não tinha mais espaço para instalar ou carregar itens novos? Pois memória insuficiente é uma das principais razões que levam as pessoas a substituírem seus aparelhos. Se o celular conta com uma entrada para cartão extra de memória, ótimo. Você pode usar esse recurso para aumentar a capacidade com um acessório mais potente. Se não for possível, a solução é mesmo adquirir um aparelho novo com maior armazenamento ou ainda que aceite um microSD maior.

Considerando comprar um celular usado

Trocar de celular não precisa custar caro. Lembre-se de que você não precisa comprar um aparelho novo. Tem muito aparelho usado no mercado em ótimas condições por um preço justo. Você pode pesquisar em sites como Trocafone, Buscapé ou mesmo o Mercado Livre.

Além de ser excelentes opções do ponto de vista financeiro, os seminovos também são opções um tanto quanto ecológicas. Mas, muita gente se preocupa em comprar um celular usado por não conseguir proteger o aparelho, que mesmo não sendo novo, tem um valor significativo.

Se esse é o seu caso, fique sabendo que a Pier já resolveu esse problema. Aqui, a gente protege aparelhos novos e seminovos, mesmo aqueles comprados no exterior que acabam vindo sem nota fiscal. Os planos são mensais e você fica pelo tempo que quiser, sem ter que pagar multa se quiser ir embora. Saiba mais e contrate!