Blog da Pier » Comprar celular novo ou usado? O que vale a pena?

Comprar celular novo ou usado? O que vale a pena?

Na hora de comprar um celular, uma dúvida muito forte pode surgir: devo adquirir um celular novo ou um usado? Isso acontece já que, atualmente, o mercado de revenda de aparelhos teve um grande aumento, mas pode gerar problemas. E para saber o que é o melhor a se fazer, continue lendo esse texto!

por Time Pier
Criado em

5 min de leitura

Smartphone
5
(1)

Independente do motivo, em algum momento todo celular precisa ser trocado. Seja devido a um grande período de uso, alguma avaria causada no aparelho ou até mesmo por ter o seu dispositivo retirado de você em um furto.

Desde já podemos adiantar que existem maneiras de fazer ambos os tipos de compra de forma segura. E para evitar maiores problemas na hora de comprar um usado, tudo o que você precisa fazer é conferir a avaliação da loja ou do vendedor, caso ele não seja um amigo ou familiar seu (haja vista que frequentemente as pessoas anunciam a venda de um aparelho celular seminovo).

Mas se você quer comprar o seu próximo dispositivo eletrônico, principalmente uma vez que é possível fazer muitas coisas por meio dele ultimamente, e está em dúvida entre um modelo novo ou usado, confira esse texto que a Pier Seguradora preparou especialmente para tirar todas as suas dúvidas. Boa leitura!

 

Qual a diferença entre um aparelho zero, um seminovo e um usado

O primeiro ponto que é importante ter em mente caso você esteja querendo comprar um smartphone é entender a diferença entre um dispositivo novo, seminovo e usado. Aqui, o principal diferencial se encontra no tempo de uso, já que o primeiro é aquele que acabou de sair da fábrica, o segundo é até dois ou três anos de uso e o terceiro é acima de três anos.

É claro que cada um deles possui as suas vantagens e desvantagens, e o principal fator que pode criar ou tirar o interesse é o preço, tendo em vista que tanto o seminovo como o usado normalmente serão comercializados em valores mais baixos por não serem novidade do mercado, enquanto um modelo (seja um lançamento ou não) pode ser consideravelmente mais alto.

No entanto, é fundamental ficar de olho principalmente na questão das condições do aparelho (analisando a integridade física e a bateria) e a tecnologia, já que é possível adquirir um produto desatualizado, fazendo com que alguns aplicativos de celular podem não funcionem adequadamente. Ambos são pontos importantíssimos quando a compra é feita diretamente com o vendedor, sem passar por uma loja.

 

É melhor comprar um celular novo ou usado?

Analisando a possibilidade de acabar gastando uma alta quantia tendo que consertar o celular devido a algum problema ou dano que ele tenha sofrido com o antigo dono ou dona, contar com um dispositivo novo pode ser uma ótima opção para evitar dores de cabeça futuras, ou até mesmo a necessidade de aplicar mais dinheiro para adquirir outro celular.

Agora, como já mencionamos aqui, um fator que pode chamar bastante a atenção na hora de comprar um celular iOS ou Android seminovo é a questão do preço, já que dependendo do tempo de uso dele, será muito mais barato do que um aparelho totalmente novo. Em contraponto, é possível encontrar no mercado ofertas dos principais modelos, tornando mais fácil comprar um aparelho zero e sendo uma ótima opção para quem quer um bom celular sem pagar muito.

Mas qual opção é melhor? O mais recomendado, para falar a verdade, é analisar o orçamento disponível para decidir se é possível investir em um aparelho novo (seja ele de entrada ou um dos melhores da linha) ou se é melhor procurar por um telefone usado.

Vale lembrar que, aqui, estamos mencionando especificamente uma situação onde você não está sem um celular e precisando desse dispositivo para trabalhar, por exemplo, o que seria motivo fundamental para ir atrás de um novo aparelho o mais rápido possível. E se você estiver passando por isso, o melhor a se fazer é analisar quanto você pode gastar e encontrar um celular que encaixe no seu orçamento.

 

O que é bom saber antes de comprar um celular usado?

Sabendo que comprar um dispositivo usado pode ser melhor, financeiramente falando – já que todos os dispositivos desvalorizam a cada ano, fazendo com que o preço caia -, elaboramos algumas dicas para você saber se é realmente um custo-benefício e para que você não tenha problemas após fazer a análise e encontrar o melhor celular para você.

A primeira coisa a se fazer é procurar uma loja confiável que faça a revenda. Com isso você já evita diversos problemas pelo simples fato de que a empresa vai fazer uma série de testes para saber se o celular está em bom estado e pode ir para o mercado. Além disso, os aparelhos normalmente têm três classificações nessas lojas (bom, muito bom ou excelente), bem como uma garantia mínima de três meses em caso de defeito.

Agora, se você preferir fazer a transação com algum conhecido, os pontos importantes para ter um celular bom são:

  1. Saber o tempo de uso do dispositivo;
  2. Analisar o estado de conservação, principalmente se há riscos, arranhões, rachaduras, peças ou botões soltos;
  3. Evitar comprar celulares que estejam fora da garantia.

Quanto aos testes que podem ser feitos, os mais recomendados são verificar o estado do IMEI para saber se é o mesmo do fornecido na caixa, testar todas as câmeras, verificar o áudio e a vibração, conferir o funcionamento da biometria (caso disponível no aparelho) e testar as conexões de Wi-Fi, dados móveis e GPS.

No que diz respeito à bateria, esse é um tema mais complicado, pois pode ser o divisor de águas entre comprar ou não um aparelho usado. A melhor forma de agir é pedindo que a pessoa que está vendendo o dispositivo baixe um testador de bateria e envie um print de como anda o desgaste natural da peça. Caso esteja muito grave, não faça a compra; mas caso esteja em nível aceitável, pode ir sem medo de problemas!

Seguindo esses cuidados você pode ter total certeza de que estará evitando principalmente um maior problema ou a necessidade de pagar a mais para comprar um novo dispositivo em pouco tempo de uso do anterior.

 

Comprei meu celular e quero aumentar minha proteção, o que fazer?

Após fazer a compra do seu próximo aparelho, seja ele um modelo totalmente novo ou um seminovo, o fator que deve ser pensado agora é a questão da proteção. Afinal, o Brasil é um país com um alto índice de roubo e furto de celulares, o que torna fundamental ter proteção extra.

Felizmente, hoje existe o seguro para celular, um serviço que pode ser contratado e oferece reembolso para alguns sinistros, principalmente furto e roubo. O melhor de tudo é que, quando comparamos com o preço para comprar outro celular, esse serviço é muito mais barato, sendo a melhor opção para não ter maiores dores de cabeça se algo acontecer.

E se você ficou curioso e quer saber mais sobre esse tipo de plano para celular antes de fazer a sua cotação de seguro e aumentar a segurança diária, confira o Blog da Pier, onde abordamos diversos pontos importantes para que você se proteja da melhor forma possível. Venha conosco e ofereça o melhor cuidado para o seu telefone!

 

 

 

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Dia mundial sem carro Prêmio Reclame AQUI 2022 As 5 maiores dúvidas sobre o Seguro Celular O que é RNPC? Seguro ou rastreador?
%d blogueiros gostam disto: