Início » Cuidados com o celular para não precisar acionar o seguro

Cuidados com o celular para não precisar acionar o seguro

por Time Pier
Criado em

6 min de leitura

Smartphone
5
(1)

Hoje em dia, o celular tem uma importância muito grande, seja quando usado para o trabalho ou para o lazer. Por isso, manter ele intacto é essencial, evitando assim possíveis dores de cabeça, tendo que mandar o aparelho para o conserto ou comprando um novo modelo.

Uma forma de aumentar a proteção com o celular, que tem sido cada vez mais comum entre as pessoas, é ter um bom seguro. Mas sejamos sinceros: melhor mesmo é nem precisar usar os serviços, não é mesmo?!

A ideia, então, é adotar uma série de cuidados para não precisar acionar o seguro celular. E para saber as principais precauções que você pode ter no dia a dia, bem como em todos os momentos e rolês, continue lendo este texto em que elencamos tudo o que você pode fazer! Confira conosco.

Saiba o que o seguro cobre ✨

Antes de entrarmos com dicas que você pode aplicar para cuidar do seu aparelho celular, é fundamental conhecer todas as coberturas que você possui, caso tenha um seguro para celular.

Isso é uma forma eficiente de não ficar na mão já que você sabe exatamente contra o que está protegido. Consequentemente, você não perde tempo acionando a seguradora para não ter o problema resolvido. E de forma geral, as coberturas mais comuns são:

➡️ Quedas de líquidos no telefone que podem comprometer o funcionamento

➡️ Reembolso para casos de roubo ou furto, com base em alguma tabela de valores

➡️ Quedas que causam danos ao telefone

Vale lembrar que cada empresa possui serviços próprios. Por isso, saiba o que você possui antes de assinar o contrato para ter as proteções que você deseja.

É possível estar totalmente seguro contra roubo ou furto do aparelho?

Assegurar que você não sofrerá um roubo ou furto do seu celular é algo bem difícil. Mas nem por isso você deve deixar de lado todas as medidas de segurança, seja protegendo os seus dados ou tentando deixar o celular o menos visível possível.

Por isso, uma boa dica é não deixar o telefone à mostra quando estiver na rua – seja a pé, de carro, moto ou qualquer tipo de transporte. Aqui, a ideia é deixar no bolso (evitando que ele fique em evidência), em um suporte dentro do carro ou até mesmo em um bolsa ou mochila, que é o mais recomendado já que não fica aparente de forma alguma.

Porém, nas mochilas e bolsas tem um outro problema: a possibilidade de rasgar ou cortar e, assim, pegar o aparelho. O melhor, então, é ter uma bolsa (dependendo de para onde você está indo, claro) que fique mais próxima ao corpo e que você sinta caso alguém mexa.

E acima de tudo, para não ter nenhum tipo de problema, fazer a cotação de seguro e contratar esta assistência oferece mais segurança e menos dores de cabeça para os seus dias. Se for um seguro online, melhor ainda, já que você tem menos burocracia e os processos são mais fáceis para resolver os problemas.

Cuidados básicos com o celular

Para quem se pergunta sobre cuidados básicos que podem ser aplicados no dia a dia, este é o momento. Vamos entrar agora nas situações mais amplas, ou seja, aquelas que servem para todas as ocasiões e que, via de regra, envolvem algum acessório para celular ou somente evitar fazer algo que pode causar danos.

O primeiro, e talvez mais importante, é investir em capinhas e películas! Pode parecer bobeira, mas não é; as películas protegem a tela contra quebras causadas por quedas e podem proteger a parte de trás, evitando que ele fique arranhado.

Já as capinhas também geram mais proteção à medida em que podem ser um pouco mais altas nas extremidades e, assim, evitar o contato direto da tela com o chão. Sem contar que elas reduzem a possibilidade de que o celular escorregue de sua mão enquanto você está usando.

Junto deste, não deixe o celular descarregar completamente a fim de não diminuir a vida útil do aparelho e evite levar ele para o banheiro, tendo em vista que existe a chance de cair no vaso sanitário, molhar e danificar.

Para sair na rua, deixe um bolso separado somente para ele e não ande com ele à mostra na rua ao mesmo tempo em que evita deixar ele exposto em lugares frios ou quentes em excesso, pois isso também pode causar danos irreversíveis à bateria.

Ao aplicar tudo isso que citamos, a chance de precisar acionar o seguro já será menor. Mas também separamos ações para as situações mais específicas, confira abaixo:

Durante viagens🧳

Quando viajamos, é comum aproveitar dias quentes, na praia ou piscina. O problema, no entanto, é que esse ambiente é mais propício a ter contato direto com os raios solares ou com a água, que pode danificar a bateria e a tela do dispositivo. O melhor a se fazer é um check-up do estado dos acessórios e investir em uma capinha e película protetora para aproveitar ao máximo.

Além disso, use os modos inteligentes de bateria que economizam energia e fazem com que o celular esteja sempre carregado para tirar fotos incríveis e postar nas redes sociais depois.

Somado a isso, faça backup dos arquivos do celular antes da viagem. Isso é importante para evitar imprevistos, seja por falta de espaço no aparelho ou roubo, a fim de que as suas informações, fotos, contatos e aplicativos não fiquem expostos.

Para quem pega transportes públicos ou táxi 🚌

Dentro dos mais variados transportes públicos, é muito comum ter situações de roubo e furto de telefone. Por isso, a dica aqui é não deixar o aparelho à mostra, principalmente se estiver com a janela aberta (seja no ônibus, Uber ou táxi). Mas para quem precisa aproveitar o tempo de deslocamento para fazer uma tarefa, ou até para distrair, esteja atento e repare nas movimentações para evitar problemas.

E independentemente de onde você estiver, tanto a película para proteger a tela como a capinha antiderrapante são ótimas aliadas para garantir que o seu aparelho não vai cair e quebrar.

Enquanto está dirigindo um veículo 🚗

Antes de seguir com as dicas, é importante lembrar que o uso do celular no carro ou na moto não é aconselhado, já que tira a atenção e potencializa acidentes.

Mas se você precisa do GPS para ir a um local, a melhor opção é ter um suporte de celular para moto ou suporte para celular no carro. Eles são ótimos para que o aparelho fique preso, não caia e fique em boa altura para enxergar sem tirar o olho da via.

No caso do porta celular para carro, é bom analisar qual o modelo que você mais gosta, já que existem os de imã, os que grudam no vidro e os que funcionam como um tapete antiderrapante e você pode colocar apoiado no painel, por exemplo.

De toda forma, você usa o aparelho para o fim desejado (que é se locomover até o destino) ao mesmo tempo em que protege contra quedas e furtos.

Durante a prática de exercícios como caminhada ou bicicleta 🏃‍♀️

Se você gosta de caminhar ou pedalar, a melhor forma de ter segurança contra quedas é ter uma pochete para manter na cintura ou um suporte de celular para bike que segura o aparelho próximo ao guidão, sem cair.

O mais aconselhado mesmo é a bolsa, já que além de ficar fechado e evitando o contato com o sol, umidade e suor, ele também fica menos visível.

Cuidados para quem gosta de ir à bares ou restaurantes 🍻

Se você gosta de sair com os amigos e não tem uma mochila ou bolso para armazenar o aparelho de forma segura, a carteira porta celular é perfeita já que, além de ser pequena e caber todos os documentos e cartões, mantém o seu bem protegido e por perto. Dessa forma, a chance de cair no chão e quebrar, ou até mesmo de você perder o seu telefone, se torna menor.

Se for necessário o auxílio do seguro, como ele pode ajudar?

“Comecei a seguir todas as dicas desse texto, mas mesmo assim sofri um sinistro de seguro e precisei acionar a seguradora. Como ela pode me ajudar?” Aqui entra o primeiro ponto que trouxemos neste texto: saber todas as garantias que você possui no plano para evitar problemas.

E tendo em vista que a principal cobertura se dá contra roubo e furto, o papel da seguradora vai ser realizar o estorno.

O que você precisa fazer é checar o IMEI e pedir o bloqueio do celular por meio deste código, fazer um BO online ou em papel (não se esqueça de conceder o número único do aparelho para a polícia!) e enviar o pedido de reembolso para a sua seguradora.

Com tudo isso em mãos, a empresa vai fazer uma análise dos dados e, se tudo estiver correto, você receberá a indenização pelo telefone furtado.

Mas agora que você já sabe mais sobre os cuidados essenciais, que tal conferir nosso blog para saber mais sobre o universo de seguro de celulares e conferir mais dicas de cuidados com esse bem tão importante? Venha com a Pier e tenha o melhor todos os dias!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: