Início » 6 Formas de proteger seus dados em caso de roubo do celular

6 Formas de proteger seus dados em caso de roubo do celular

Entenda como você pode se proteger contra a perda e roubo do celular. Com dicas infalíveis, você tem mais tranquilidade. Confira agora mesmo!

por Time Pier
Criado em

3 min de leitura

Proteção
5
(2)

Você sabe o que é nomofobia? É o medo extremo de ficar sem seu celular. Você pode não ter essa fobia, mas só de pensar em perder ou passar por um roubo de celular pode ficar super aflito. Afinal, nossos smartphones nos conectam a amigos, familiares e a muitos dos nossos dados pessoais.

Atualmente, esses dispositivos móveis são extensões de nós mesmos, e sentimos muito quando estamos sem eles, não é mesmo? Até porque, com tantas informações valiosas que armazenamos nesses aparelhos, dá até um arrepio em imaginar tudo isso caindo em mãos erradas. Então, ainda que você não tenha nomofobia, é impossível não bater aquela ansiedade. Quem nunca?

A boa notícia é que há esperança, caso você perca ou tenha seu celular roubado. Isso porque, um celular perdido não significa necessariamente um problema, como um roubo de identidade. Claro, especialmente se você tomou algumas medidas para proteger seu smartphone e os dados contidos nele.

Mas não se preocupe. Neste post, reunimos algumas dicas para você limitar o dano potencial de ter um celular perdido ou roubado. Vamos conferir?

 

1. Confirme a perda ou o roubo do celular

Se você é uma pessoa dispersa, vai entender essa dica. Até porque, a distração pode nos fazer esquecer de onde colocamos nosso celular e só lembrar do aparelho quando precisa dele. E aí, cadê?

Portanto, antes de se desesperar e sair bloqueando todos os aplicativos de banco e redes sociais, ligue para o seu número de um outro telefone para tentar encontrá-lo nas proximidades. Se deixou em algum lugar, é possível que um bom samaritano atenda e entregue o aparelho para você.

 

2. Localize seu celular usando aplicativos

Seu telefone está no modo silencioso? Não tem problema. Você pode instalar o aplicativo Google “Encontre Meu Dispositivo” em outro dispositivo e cadastrar seu aparelho. Claro, isso deve ser feito antes de perdê-lo. Assim, ele tocará continuamente por cinco minutos, ainda que esteja silencioso.

Com este app, você ainda pode visualizar seu celular em um mapa. O aplicativo pode mostrar a localização precisa enquanto estiver funcionando. No entanto, se a localização atual não estiver disponível, a última localização conhecida será exibida. Da mesma forma, a Apple também oferece o recurso “Buscar meu iPhone”, que funciona da mesma forma.

 

3. Bloqueie seu telefone remotamente

Confirmou o roubo do celular? Então, é hora de agir rapidamente para bloquear ou limpar o telefone remotamente. Antes de tudo, se você tinha aplicativos de banco no seu celular, cancele seus cartões assim que possível para evitar que quem tenha levado seu celular possa usar seus dados.

Para proteger seus dados de maneira remota é bem simples. Com o app “Encontre meu dispositivo” do Google, é possível bloquear e apagar dados do aparelho, além de apenas rastreá-lo. Bem como, para a Apple, você pode usar o recurso “Buscar meu iPhone” e realizar os mesmos passos.

 

4. Faça um boletim de ocorrência

Fazer um B.O. sobre o roubo do celular pode auxiliar você de várias maneiras. Primeiramente, pode ajudá-lo a se defender contra qualquer atividade fraudulenta cometida por meio do seu aparelho após o roubo. Em segundo lugar, porque se tiver seguro de celular, a seguradora geralmente exige esse documento para oferecer seus serviços.

Hoje em dia, não existe aquela burocracia para se fazer um boletim de ocorrência. Você pode ir ao site da Delegacia Virtual do seu estado e concluir com seus dados. Assim, caso apareça alguém com seu celular, eles já terão seus dados e podem localizá-lo para devolução.

 

5. Comunique sua operadora

É super importante ligar para sua operadora e informar o ocorrido. Depois de fazer uma limpeza dos seus dados por meio dos aplicativos, peça para fazerem o bloqueio do chip para não ser usado de má-fé.

Assim que realizar o boletim de ocorrência, peça para eles o bloqueio do IMEI do celular. Isso impede que o dispositivo se conecte às redes móveis.

 

6. Faça um seguro do celular

Como já mencionamos, nossos celulares carregam todos os nossos dados pessoais, como senhas, fotos, documentos importantes, entre outras informações que não podemos simplesmente perder e deixar por isso mesmo.

Portanto, contratar um seguro pode ser relevante para proporcionar a si mesmo uma proteção a mais para o dispositivo que se tornou uma extensão de nós mesmos. Não sabe quais coberturas são essenciais para você? Confira o que não pode ficar de fora na hora de escolher a sua seguradora:

  • Roubo;
  • Furto qualificado;
  • Furto simples;
  • Celulares sem nota fiscal;
  • Cobertura nacional.

Independentemente de você ter viajado para dar um rolê ou estar a caminho do trabalho, se foi roubado ou teve seu aparelho furtado de alguma forma, o importante é ser reembolsado de maneira rápida e super prática.

Para ter todas as coberturas citadas acima e seu reembolso o mais rápido possível, deixe toda a burocracia por nossa conta. Acesse nosso site e contrate agora mesmo o seguro celular da Pier!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: