Blog da Pier » 12 dicas para quem está começando a dirigir

12 dicas para quem está começando a dirigir

Se você está começando a dirigir agora, é super normal ter algumas inseguranças na hora de pegar a estrada. Conforme você for praticando, terá mais facilidade e segurança. Para te ajudar a ter mais autonomia e confiança, separamos 12 dicas essenciais. Vem ver!

por Time Pier
Criado em

7 min de leitura

Auto
5
(1)

Para poder dirigir no Brasil, é necessário ter a Carteira Nacional de Habilitação, a famosa CNH, como é mais conhecida. Para tirar esse documento, a primeira coisa necessária é ser maior de idade, ou seja, fazer 18 anos. 

Após esse momento, você pode dar início ao processo que consiste em começar as aulas teóricas em um CFC (Centro de Formação de Condutores), fazer uma prova do Detran sobre os conhecimentos que você adquiriu para, então, dar início às aulas práticas e fazer a prova final.

Após a aprovação no exame prático, é questão de dias para que a sua CNH provisória (que tem validade de um ano) esteja em suas mãos. Esse é um momento que gera certa ansiedade, mas também muita felicidade. Afinal, o percurso até aqui precisou de tempo e muita dedicação.

O período de adaptação entre sair das aulas e pegar a estrada sem auxílio dos professores pode assustar, mas não é nenhum monstro de sete cabeças, é só uma questão de costume e prática, algo que com certeza você vai pegar com o tempo! 

Dirigir ouvindo música, arrancar o carro em uma subida ou fazer a baliza pode ser mais fácil do que você imagina. Separamos 12 dicas para te ajudar nesse período de adaptação, vem ver:

 

1. Lembre da distância segura para o carro da frente

Algo que você foi ensinado durante as aulas teóricas e enquanto estava no processo de aprender a dirigir é a questão da distância segura, ou distância de segurança. Ela é fundamental por ser uma forma de evitar qualquer tipo de colisão, grave ou não.

💡 Então a nossa primeira dica é exatamente essa: mantenha distância para o carro que está a sua frente, usando como referência a visibilidade total das rodas do veículo para evitar qualquer tipo de problema.

 

2. Cuide bem dos pneus

Apesar de ser uma dica válida para todos os momentos, estar atento ao nível de desgaste dos pneus é essencial. Você deve manter também a calibragem em dia, até como forma de evitar um alto desgaste que pode causar outros problemas.

Além disso, tome cuidado também com a Indicação de Desgaste de Banda (TWI, Tread Wear Indicator), conferindo se o nível da banda de rodagem está abaixo de 1,6 milímetro. Se a altura do suco estiver abaixo disso, é a hora de trocar esse item para não ter complicações!

 

3. Vai dirigir de noite ou na chuva? Tenha atenção dobrada!

Dois pontos muito importantes para quem está começando a dirigir são a direção durante a noite e enquanto está chovendo. Afinal, são duas situações em que qualquer erro, por menor que seja, pode gerar algum acidente ou problema. Muito disso se dá devido ao fato de que tudo fica mais difícil e demorado de se ver.

Então antes mesmo de sair durante a noite, lembre-se de conferir se todas as lanternas e faróis estão funcionando corretamente para ter máxima visibilidade, e não esqueça de manter uma distância ainda maior do que durante o dia.

Para os dias de chuva: sempre ande abaixo do limite indicado e redobre a atenção. Cuide com frenagens bruscas, que podem levar o carro a derrapar, e evite ao máximo áreas alagadas, dependendo de onde for, talvez você corra o perigo de ficar com o carro parado ou de que ele seja levado pela enxurrada.

 

4. Se possível, evite pegar trânsito

É claro que, dependendo de onde você mora e para onde você vai, isso é um tanto quanto complicado e por vezes até impossível de se fazer, mas sempre que puder evitar, faça isso para ter mais tranquilidade. De toda maneira, algo que nós indicamos muito para quem busca dicas para começar a dirigir é evitar o “anda e para”.

Além de economizar combustível e não ter problemas com as peças do seu carro, isso é ótimo para não sofrer ou causar acidentes. Por isso, o melhor a se fazer é procurar coordenar a velocidade do carro, acelerando quando tiver uma distância interessante para o veículo à frente.

 

5. Evite pesos desnecessários

Você sabia que, dependendo do peso que estiver no seu veículo, isso pode atrapalhar o bom funcionamento do mesmo? Por isso, evite qualquer peso que esteja atrapalhando para chegar ao melhor uso possível do seu carro.

Um veículo pesado pode influenciar na dirigibilidade, no gasto de combustível e no esforço mecânico. O excesso de peso, por exemplo, pode dificultar na hora de parar o carro e ao sair de uma curva. 

 

6. Atente-se à postura

Manter a postura correta é algo que faz toda a diferença e que é fundamental para quem se pergunta como aprender a dirigir da forma correta e para não ter maiores problemas. Afinal, dessa maneira você não só tem uma condução adequada do veículo como também evita possíveis dores no corpo que, a longo prazo, podem ser muito prejudiciais à você.

Além disso, a postura correta também te ajuda no tempo de resposta para agir em alguma emergência. 

✌ ️Postura ideal para dirigir: mantenha a coluna reta e os braços esticados, gerando um pulso firme para ter maior controle do veículo e não desenvolver problemas de saúde. É importante lembrar ainda que o encosto de cabeça deve cobrir toda a nuca, preferencialmente e não não na parte mais alta do seu pescoço, como muitos fazem.

 

7. Celular e volante não combinam!

Dentre os cuidados que você precisa tomar ao volante, algo essencial para lembrar é que celular e volante não combinam. Afinal, você fica distraído e, assim, pode causar um acidente de trânsito. Mas como se não fosse suficiente, a situação é uma infração gravíssima, fazendo com que você perca a sua Permissão Para Dirigir (PPD) e ainda seja multado em R$293,47 pelo ocorrido.

Ou seja, além do alto risco e perigo no trânsito, você não poderá pegar a sua primeira CNH, que nesse caso será a definitiva, por ter dirigido enquanto mandava mensagens ou falava ao telefone.

 

8. Fique esperto com os pontos cegos

O retrovisor é um dos itens de segurança que você precisa usar no dia a dia para máxima segurança. E para quem se pergunta como dirigir um carro, um dos pontos que você deve se atentar diz respeito aos pontos cegos do espelho retrovisor.

Sem prestar atenção, você fica mais suscetível a causar acidentes com outros carros e com motos também. Por isso, sempre que for trocar de faixa, sinalize devidamente com a seta e fique muito alerta se não existe outro veículo no local, garantindo que não terá problemas.

 

9. Conheça bem o carro que você vai dirigir

Existem pessoas que falam sobre ótimas opções de carros para começar a dirigir, mas é fato que todo veículo é bom o suficiente mesmo para quem está começando se você o conhece bem. Por isso, uma das melhores coisas que você pode fazer é conhecer as características e diferenças únicas que o modelo que você vai dirigir possui.

🚨 Não se esqueça de conferir:

  • Os botões de faróis
  • As setas
  • O limpador de para-brisa dianteiro e traseiro
  • O modo de funcionamento do banco
  • A regulagem dos retrovisores
  • O uso das marchas (se possível, troque de marcha com o veículo estacionado para entender onde é o ponto de cada uma)
  • O funcionamento de cada um dos pedais do veículo
  • Qual é o tipo de câmbio
  • O volante
  • O freio de mão 
  • Além de outros comandos que podem ser usados por você enquanto dirige

 

10. Respire fundo antes de ligar o veículo

Tendo em vista que existem várias situações que podem acontecer no trânsito e que quando você não possui uma experiência total de como é andar de carro enquanto está fazendo as aulas práticas, é normal ficar com um pouco de ansiedade antes de começar a dirigir.

Então se esse for o seu caso, respire fundo algumas vezes, sentindo o ar que entra e sai dos seus pulmões, sendo essa a melhor forma de se acalmar e ter máxima tranquilidade a fim de evitar problemas que o nervosismo pode causar.

Dois pontos que podem te ajudar nisso, inclusive, são optar por horários mais calmos (fora dos horários de pico), e ir por caminhos tranquilos (evitando vias expressas e avenidas movimentadas).

 

11. Use todos os equipamentos de segurança

Não é novidade para ninguém que os itens de proteção estão lá para que você esteja o mais seguro possível em todos os momentos, não é mesmo? Por isso, não se esqueça de colocar o seu cinto de segurança e de se assegurar que tudo está em ordem antes de dar a partida no carro!

 

12. Pegue leve!

Quando se está no trânsito, uma pessoa dirige por ela mesma e por todos os outros que estão à sua volta, o que torna necessário ter muito cuidado com todas as ações que você tomar enquanto atrás do volante. Por isso, pegar leve e ter muita atenção é fundamental.

Para o primeiro ponto, lembre-se de não acelerar excessivamente, pisando levemente no pedal até para não forçar o motor e economizar combustível, e também para sentir bem o carro e a direção, evitando problemas para controlar.

Somado a isso, evite deixar para frear muito em cima, seja do farol que ficou vermelho ou do carro à sua frente. Esse tipo de situação, de deixar para frear no último momento, apenas gera um maior gasto de economia e desgaste das pastilhas e discos de freio.

Já no quesito atenção, é importante lembrar que, por ter pouca experiência, seu tempo de reação e reflexo é um pouco mais demorado. Por isso é essencial ter todo o cuidado, mantendo uma distância segura do carro da frente e ficando de olho em todos que estão à sua volta.

Ter um carona experiente é outra dica importantíssima. Se for uma pessoa que mantém a calma, que tenha bastante paciência e que não vai deixar você nervoso, é melhor ainda! Assim você pode receber alguns toques sobre quando e como mudar de pista, hora de trocar de marcha, qual marcha usar para subir ou até mesmo como fazer uma curva da melhor forma possível.

 

Dica extra: tenha um bom seguro ao seu lado!

Coloquei todas essas dicas em ação, existe mais alguma coisa que eu posso aplicar para os meus dias para ter ainda mais tranquilidade? Sim! 😍

Para isso, a melhor pedida é ter um bom seguro de carro ao seu lado! Afinal, ele auxilia você em qualquer situação que vier acontecer. Seja um pneu furado, uma cópia de chave ou até mesmo um imprevisto maior, como o conserto do carro após uma batida.

A Pier oferece um seguro para carros que não pesa no seu bolso, o pagamento é mensal, não tem carência e você pode ajustar as coberturas de acordo com as suas necessidades. Cote grátis e online em poucos segundos!

E se você gostou de saber as nossas dicas para quem está começando a dirigir sem problemas e quer entender melhor sobre o universo dos seguros, confira o Blog da Pier Seguradora e tire todas as suas dúvidas sobre esse tema!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: