Blog da Pier » Todo seguro auto empresta um carro reserva em caso de sinistro?

Todo seguro auto empresta um carro reserva em caso de sinistro?

Entenda o que é, como solicitar e se todo seguro oferece esse serviço

por Time Pier
Criado em

4 min de leitura

Auto
0
(0)

Ao contratar um seguro auto para proteger o seu carro no dia a dia, existem alguns pontos que devem ser analisados para ter um bom serviço. E dentre eles, existe a opção de pegar um veículo emprestado se o seu estiver no conserto, tudo para não ficar sem sair de casa, o que é fundamental se você precisa ir para o trabalho presencialmente todo dia.

Mas é importante ter em mente que essa cobertura não está disponível em todos os seguros do mercado. Então, se você quer saber tudo sobre esse assunto para estar preparado se precisar, continue lendo esse texto da Pier!

 

O que é um carro reserva no seguro auto? Ele está presente em todos os planos das seguradoras do mercado?

A primeira coisa que vamos explicar no conteúdo de hoje é sobre o que é o carro emprestado. Também conhecido como carro reserva, ele nada mais é do que um veículo que a seguradora deixa, por um tempo terminado, com a pessoa que contratou o seguro.

Mas de quem é esse veículo? Normalmente ele é um carro alugado pela seguradora, que é a responsável por emprestar o automóvel ao segurado quando ele sofre um sinistro e o veículo está parado para manutenção.

Todo seguro auto oferece a opção de ter um carro reserva? É comum que essa cobertura seja contratada como um benefício adicional, ou seja, não é algo totalmente comum nos planos de seguro. E é exatamente por isso que, em alguns casos, o segurado deve pagar um valor extra para poder pegar, e usar, o veículo.

Então apesar de ser algo desejável, já que é suficiente para não deixar nenhum motorista na mão e sem poder se locomover, essa é uma cobertura adicional, o que faz com que ela não seja padrão em todos os contratos. Mas caso você queira, é possível solicitar esse tipo de serviço durante a simulação (caso a empresa ofereça).

 

Como funciona essa assistência?

O mais comum dentre as seguradoras de veículos é que o carro reserva fique com o segurado durante sete dias. Mas vale dizer que isso não está escrito na pedra. Ou seja, depende das diretrizes da empresa, o que foi acordado no contrato, o motivo que fez com que o carro tivesse que ser consertado e quais as necessidades de cada pessoa.

De toda forma, você consegue ver, na hora de simular o seguro auto, se a empresa oferece essa opção, se cobra a mais para isso, quanto tempo você pode usar o carro e todas as respectivas normas que você precisa seguir ao usar o veículo.

 

Quando eu sei se posso pegar o veículo emprestado?

Para saber se você pode pegar um veículo emprestado, a primeira coisa que você precisa saber é se o seu seguro de carro oferece essa possibilidade. E como falamos, isso pode ser feito na hora de fazer a sua cotação de seguro de carro, analisando se é uma cobertura possível no seu plano ou não. Vale pontuar que se isso for muito importante para você, deve ser um dos pontos considerados na hora de escolher o serviço que você terá em seus dias.

Agora, caso você tenha a possibilidade, é somente após sofrer um sinistro de seguro que você pode solicitar essa ajuda e, aqui, estamos falando especificamente sobre acidentes que causaram perdas totais, danos parciais ou situações de furto qualificado e furto simples (caso o seu seguro cubra os dois). Mas por que?

Em situações como os acidentes, será necessário deixar o seu veículo no conserto e, assim, não será possível usar ele; por outro lado, ao ter o seu bem furtado, você não terá nenhuma forma de ir para qualquer lugar com o seu carro. É exatamente aqui que entra a facilidade de pegar um veículo reserva: não ficar sem poder sair da sua casa caso você precise e tenha o seu carro com sinistro.

 

Como usar o veículo reserva?

Pegar um carro reserva é um processo burocrático, e que pode ser bem chato dependendo do que acontecer com o seu veículo. Mas para fazer a solicitação, tudo começa com a sinalização do sinistro, explicando à sua seguradora o que aconteceu. Após isso, ela é a responsável por te informar como retirar (na locadora de veículos) e o prazo de uso.

Vale pontuar que, o mais comum, é que seja um carro básico, sem direção hidráulica e sem ar-condicionado, mas também é possível contratar um plano onde você pode tirar um automóvel mais completo, dependendo da apólice do seu seguro auto.

O mais comum, porém, é que o carro reserva seja liberado para uso pessoal, e não para trabalho, mas o melhor a se fazer é checar com a seguradora e com a locadora. Afinal, se você precisar do carro para trabalhar, é possível negociar a informação na hora de contratar o seguro.

É importante saber que, caso o conserto demore mais do que o esperado e termine o prazo de empréstimo do carro, não é possível ter um uso prolongado já que isso não depende do tempo de conserto. Mas assim como no caso anterior, existem exceções que podem ser confirmadas e negociadas.

Se você sofrer um sinistro com o carro alugado, é necessário entrar em contato com a seguradora, fazer registro do ocorrido e seguir todas as orientações da empresa. Não esqueça também de fazer um boletim de ocorrência para evitar dores de cabeça.

Mas agora que você já sabe mais sobre o carro reserva, que tal conferir o blog da Pier para conhecer tudo a respeito do seguro auto, desde o momento de cotar o seguro até as coberturas e benefícios diários para ter a melhor proteção com o seu veículo e menos dores de cabeça todos os dias? Venha conosco e confira as melhores dicas!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: