Blog da Pier » Vale a pena contratar seguro pela Internet?

Vale a pena contratar seguro pela Internet?

Feito para levar mais praticidade para as pessoas, o seguro online é uma modalidade que tem se destacado, mas, com ela, surge a dúvida se é confiável e se compensa quando comparamos com o serviço convencional.

por Time Pier
Criado em

5 min de leitura

Proteção
5
(1)

O seguro é um serviço cada vez mais buscado atualmente devido a toda a facilidade e tranquilidade que ele leva para todos os dias. Não importa o tipo desse serviço que você possui, ter uma boa empresa ao seu lado é sinônimo de proteção e menos dores de cabeça se algo acontecer.

Afinal, por meio dele você consegue resolver eventuais problemas que acontecerem com o bem protegido de forma muito simples, além do fato que é possível receber um reembolso dependendo do ocorrido.

Devido ao avanço tecnológico, opções de seguro pela Internet começaram a surgir e ganhar destaque também, uma vez que levam ainda mais praticidade aos processos por tudo ser feito através dos mais variados meios digitais. E é justamente por isso que começaram a surgir também os questionamentos se essa modalidade é boa o suficiente ou não.

Pensando nisso, e tendo como foco principal tirar todas as dúvidas sobre o assunto para que você aumente a sua proteção diária, a Pier Seguradora elaborou esse conteúdo explicando se vale a pena contratar seguro pela Internet, bem como com algumas dicas valiosas na hora de fechar o seu contrato. Venha conosco e entenda todos os pontos desse serviço!

 

Para começar, o que é e como funciona esse tipo de seguro?

Chamado de seguro online, e ganhando cada vez mais espaço no mercado, ele nada mais é do que uma modalidade virtual, onde tudo o que você precisa pode ser resolvido por meio da Internet. Seja durante o momento de comparação, busca e cotação de seguro, para firmar o contrato com a empresa selecionada ou caso precise sinalizar um sinistro e a solicitação de ajuda, tudo pode ser feito de forma digital, pelo app ou site próprio da empresa.

Por outro lado, vemos que ele tem menos burocracias quando comparado ao modelo convencional, principalmente evitando que você precise carregar um alto número de folhas referentes ao contrato e apólice, já que tudo fica disponível no seu e-mail, facilitando o acesso e a análise para saber o que você possui no plano e o que não está incluso na sua proteção diária.

 

Essa modalidade é confiável?

Por estar disponível na Internet, existem pessoas que questionam a integridade de um seguro de carro online, ou outras modalidades. A dúvida que fica então é: seguro online é confiável?

Logo de cara podemos afirmar que sim, ele é altamente confiável. O problema e ponto de atenção, no entanto, é que você deve escolher uma boa empresa do ramo para poder fazer a sua cotação do seguro auto e, caso seja benéfico para você, firmar o contrato de seguro.

Aqui, a principal dica que podemos te dar (e já é um adianto das demais que traremos mais para frente) é conferir se ela possui vínculo com a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), o órgão que controla e fiscaliza o mercado de seguros. Mas como eu vou saber isso? É bem simples!

Você pode conferir por meio de um texto localizado no próprio site da empresa (que é a forma mais fácil de fazer com que os futuros clientes estejam cientes do cadastro com o órgão) ou entrando na plataforma da SUSEP e pesquisando a seguradora dentro do menu “Empresas autorizadas”.

Isso é fundamental, e suficiente, para gerar tranquilidade à medida que somente empresas associadas ao órgão podem comercializar e oferecer seguros. Logo, tendo algum selo ou texto que menciona a SUSEP você não precisa se preocupar; o seu bem estará assegurado de acordo com o que foi prometido no contrato e na apólice.

 

Vale a pena contratar um serviço virtual?

Vamos supor que você fez uma simulação com uma empresa para contratar o seguro celular, gostou dos valores, coberturas e proteções disponíveis, mas ainda está em dúvida se realmente vale a pena. O que fazer para ter total certeza de que é uma boa opção para os seus dias?

Para responder a isso, não podemos deixar de mencionar todas as vantagens que estão disponíveis com boas empresas que oferecem a modalidade digital. A primeira de todas é, sem dúvidas, o fator custo-benefício, por ser muito comum que essa modalidade seja mais barata do que as versões convencionais do mercado. O melhor de tudo é que isso é feito sem abrir mão de um atendimento de qualidade, proteção adequada para o respectivo bem e um serviço completo.

Para entendermos melhor, vamos a um exemplo. Quando comparamos a proteção e o suporte de um bom serviço para celulares (lembrando que é possível receber reembolso dependendo do ocorrido e enviar o aparelho para conserto se a avaria for coberta no plano) que a empresa gera e comparamos com o preço para comprar um novo dispositivo, com certeza o cliente é beneficiado por contar com esse serviço.

Somado a isso, é uma forma muito mais prática para comparar diferentes opções de seguro de celular, para assinar o contrato e sinalizar um sinistro, já que tudo pode ser feito sem sair de casa. Ou seja, é mais comodidade para você! Não podemos esquecer ainda da proteção, já que uma empresa credenciada pela SUSEP é capaz de cumprir com o que foi prometido.

Por fim, a forma de comunicação com a instituição é muito simples, já que tudo pode ser resolvido entrando no site ou aplicativo da empresa, ou por algum aplicativo de mensagens instantâneas que eles façam atendimento, o que é muito melhor do que esperar muito tempo em uma ligação telefônica, como nos modelos convencionais.

Logo, vemos que sim: o seguro digital vale muito a pena caso você conte com uma boa empresa para proteger os seus bens.

 

8 cuidados antes de fechar negócio

Como já mencionamos, existem algumas coisas que você precisa prestar atenção para ter um serviço que realmente seja bom para você e para não cair em pegadinhas na hora de contratar o seguro. Por isso, separamos abaixo oito pontos para se atentar, que são:

  1. Leia o contrato atentamente;
  2. Conheça a empresa;
  3. Pesquise a reputação da seguradora de veículos, ou outros bens, que chamou a sua atenção;
  4. Confira se a empresa possui regulamentação na SUSEP;
  5. Analise preços com diferentes opções para chegar a mais benéfica para você;
  6. Preste atenção nas condições gerais do seguro;
  7. Verifique se o plano possui as coberturas desejadas por você;
  8. Entenda como é feito o contato com a empresa em caso de sinistro de seguro.

Podemos separar as dicas entre as que são mais impactantes após a decisão de ter um seguro (como é o caso da segunda, terceira, quarta e quinta) e outras para analisar no momento de assinar o contrato (como a primeira, sexta, sétima e oitava). Mas, no geral, elas são complementares e essenciais para quem busca ter um plano bom, financeiramente falando e chegando a melhor proteção diária.

Mas agora que entendemos se vale a pena contratar um seguro pela Internet, os benefícios que essa modalidade oferece e como fazer um bom negócio, para conhecer mais sobre o universo dos seguros, principalmente sobre o ponto de vista do seguro de smartphone ou o serviço para carros, confira o Blog da Pier Seguradora e evite possíveis problemas, pegadinhas no contrato e futuras dores de cabeça. Venha conosco e tenha o melhor cuidado com os seus bens!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: