Blog da Pier » Quais são os tipos de seguros mais populares?

Quais são os tipos de seguros mais populares?

Apesar de ser muito conhecido devido à alta busca que ele possui, o seguro ainda é um tema que gera algumas dúvidas. E foi pensando nisso que nós separamos esse conteúdo em que explicamos tudo sobre ele, bem como os principais modelos disponíveis no mercado. Veja conosco!

por Time Pier
Criado em

4 min de leitura

DestaqueSegurês
4
(3)

Criado para levar mais praticidade para o dia a dia, o seguro é um serviço muito buscado no Brasil e que possui diferentes opções, sempre indo de encontro às necessidades pessoais.

A alta procura acontece pelo fato de que as pessoas têm criado a conscientização e a preocupação com o patrimônio, seja ele uma casa,  carro ou celular. Além de ser uma opção que traz garantias para a família, como no caso de seguro saúde ou de vida. Por isso, contar com esse serviço é a melhor saída para estar prevenido contra qualquer que seja o imprevisto ou problema.

Neste conteúdo, vamos explicar o que é um seguro e quais os tipos mais populares. Boa leitura!

 

O que é um seguro?

O nome “seguro” é dado a um serviço oferecido para gerar maior proteção para algum bem escolhido. Normalmente isso é firmado por meio de um contrato e atestado com um documento chamado de apólice.

Nele constam todas as obrigações, direitos e deveres, tanto da seguradora (empresa que oferece o plano) como também do segurado (aquele que contratou o serviço, ou que é beneficiado diretamente por ele).

Sendo assim, se acontecer algum sinistro registrado como passível de auxílio por parte da empresa, ela deve fazer todo o necessário para que a situação seja resolvida. Em troca disso, a pessoa que possui o plano deve pagar o prêmio do seguro, que é calculado mediante diversos pontos, como:

  • Capital segurado: que é quanto você vai receber em caso de reembolso pelo sinistro;
  • Idade: seja a pessoa, no caso do seguro de vida, ou o tempo de uso do objeto que está sendo protegido, como um carro.

Somado a estes, e especificamente para os seguros de vida e carro, o gênero do beneficiado também influencia já que, estatisticamente, mulheres tendem a viver mais do que os homens, além do fato que os homens têm maior tendência a se envolver em acidentes de trânsito.

 

Como um seguro funciona?

O seguro funciona como uma garantia de que você não terá nenhum tipo de prejuízo com o bem que está sendo protegido. 

Para ficar mais fácil, vamos a um exemplo:

Você possui um seguro de carro e sofreu um sinistro que tornou necessário acionar a sua cobertura contra perda total, que é quando o valor para o conserto do veículo supera 75% do preço.

Em um caso como esse, considerando que você foi a vítima do acidente, a empresa te dará uma indenização de até 100% conforme o valor do seu carro na tabela FIPE, tudo para que você não tenha nenhum prejuízo financeiro.

Ou seja, mesmo que você tenha algum problema com o seu bem protegido, algo que não é impossível de acontecer no dia a dia, você possui todo o suporte necessário para que a situação seja resolvida adequadamente.

 

Quais são os seguros mais comuns no Brasil?

Em nosso país, por existir uma alta quantidade de veículos, o seguro auto é um dos mais buscados. E não é para menos; afinal, ele cobre situações como colisões, roubos e furtos, entre outras. Mas além dele, existem outros que também são muito fortes entre os brasileiros, que são os seguintes seguros:

  • Residencial: responsável pela cobertura de danos em um imóvel;
  • Seguro de vida: gera indenização para a família do segurado em caso de falecimento, incapacidade temporária total ou parcial, diagnóstico de doenças terminais ou câncer, despesas médico-hospitalares e odontológicas em caso de acidente e DIT (Diária por Incapacidade Temporária);
  • Patrimonial: varia conforme a necessidade do segurado, oferecendo proteção aos negócios;
  • Para máquinas e equipamentos eletrônicos: cobre situações que poderiam paralisar as atividades quando as ferramentas são fundamentais para a atuação profissional.

Junto destes, o seguro para celular tem ganhado espaço por ser uma forma de se prevenir contra imprevistos. Ele funciona de forma parecida ao seguro de automóvel, ou seja, caso o telefone seja furtado ou roubado, você recebe uma parte do preço do aparelho de volta.

 

O que é coberto pelo seguro?

Quando falamos sobre cobertura, é importante ter em mente que isso varia principalmente conforme o tipo de seguro contratado e a seguradora escolhida. No geral, elas asseguram a pessoa contra eventualidades que causarão prejuízos.

Para entender melhor contra o que você está protegido, é possível analisar, por meio da apólice de seguro (documento que comprova o vínculo com a empresa), quais os serviços contratados, cláusulas, condições e possíveis riscos.

 

Como é feito o pagamento?

Assim como o anterior, a forma de pagamento varia entre cada empresa que oferece o serviço, mas as mais comuns são à vista por boleto, parcelado, no cartão de crédito ou de débito. Esse valor, também conhecido como prêmio do seguro, serve para bancar as ocorrências e permitir que a seguradora tome as ações necessárias (desde reparos, reposições ou reembolsos).

E para quem pergunta o que é sinistro, vamos explicar de forma clara e simples: é o nome dado ao evento que causa um dano e é coberto pelo seguro. Ele pode ser parcial – quando somente uma parte do bem é comprometida – ou total.

 

Como escolher um bom seguro

Para encontrar a melhor opção para proteger o seu bem, é importante analisar pontos como:

  • A reputação da empresa (Reclame AQUI, por exemplo)
  • Número de clientes e feedbacks em redes sociais
  • Opção de personalizar o plano de acordo com suas necessidades
  • Área de cobertura do seguro
  • Horários e canais de atendimento
  • Valores de mensalidades, franquia e formas de pagamento
  • Tempo de carência e fidelidade

 

Quais os benefícios em contratar esse tipo de serviço?

A primeira vantagem, que é um grande diferencial e um motivo para ter um seguro, é ter mais tranquilidade e segurança por onde você for, se prevenindo então contra situações inesperadas. Somado a isso, você adquire maior comodidade e se protege contra roubos e furtos.

Por outro lado, caso o seu bem sofra algum dano, você não sai de mãos vazias, já que o seguro paga um reembolso no valor acordado em contrato, evitando assim maiores prejuízos.

 

Todos os seguros são iguais?

Apesar de possuir serviços parecidos no que diz respeito à segurança oferecida, cada seguro é diferente entre si. Isso se dá à medida em que alguns possuem um maior número de coberturas, mais assistências, maior disponibilidade dos serviços (para mais comodidade do segurado), menos burocracia, reembolso rápido e um valor mensal menor.

Se você ficou interessado e quer entender como a Pier pode levar mais segurança para os seus dias, dê uma olhada em nosso site e descubra mais sobre os nossos seguros.

Que tal conhecer ainda mais sobre o assunto? Continue navegando pelo nosso blog e descubra tudo sobre o universo de seguros!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: