Início » Seguradora ou Cooperativa? Qual a diferença?

Seguradora ou Cooperativa? Qual a diferença?

Ao procurar por um seguro de carro, é possível encontrar opções com seguradoras ou cooperativas. Mas você sabe qual é a diferença entre os serviços oferecidos em ambas as modalidades? Neste texto, nós vamos te contar tudo sobre o assunto!

por Time Pier
Criado em

3 min de leitura

Segurês
5
(1)

Ter um seguro é uma ótima forma de proteger um bem importante, como é o caso do carro, fundamental para quem deseja se locomover sem maiores problemas.

E ao procurar por opções de seguro de veículos, é possível encontrar diferentes opções que podem ser mais ou menos interessantes de acordo com o que você deseja. Aqui, existem boas alternativas, como é o caso da modalidade de seguro online, que leva mais facilidade para o contato com a empresa se algo acontecer, e dos serviços oferecidos por seguradoras e cooperativas.

Inclusive, esse é um tema que gera muitas dúvidas: a diferença entre fechar o seguro com uma cooperativa ou seguradora do ramo. E se você quer entender melhor o que é e como funciona cada um desses tipos, leia esse texto para saber tudo!

 

O que é uma cooperativa de seguro?

A cooperativa de seguros é uma forma vista por muitos como mais fácil para contratar o seguro de carro. Por meio dela, você conta com o auxílio de um grupo de pessoas, que normalmente participam de um fundo de investimento.

Para fazer parte, normalmente é cobrada uma taxa fixa mensal que funciona como o pagamento para ser integrante da associação. Ou seja, você paga para continuar fazendo parte do grupo e, assim, ter mais proteção para o seu carro.

🔍 Tudo aqui é feito de forma autônoma, o que faz com que não tenha nenhum tipo de autorização por parte do órgão fiscalizador desse mercado; você vai atrás do grupo de pessoas e decide se juntar a eles, exatamente como ter a carteirinha de um clube, por exemplo.

 

Como funciona o serviço da cooperativa:

Assim como nas outras categorias do mercado, o pagamento da mensalidade é a garantia de que o seu plano de proteção com o veículo está ativo. Consequentemente, se algo acontecer você recebe uma ajuda financeira para contornar o problema enfrentado.

O principal ponto de atenção, no entanto, é que existe a possibilidade de que, junto da taxa mensal, seja cobrado também um rateio das despesas de todos os associados no mês anterior. Isso faz com que você precise pagar mais do que somente a mensalidade, mesmo se não precisar de nenhum tipo de auxílio por não ter sofrido um sinistro.

E para descobrir isso, a melhor coisa a se fazer é, na hora de cotar o seguro, conferir esse ponto e questionar antes mesmo de decidir fazer parte da associação e ter o seu seguro de automóvel.

 

Qual a diferença da cooperativa para uma seguradora?

Os serviços oferecidos pelas seguradoras de veículos são autorizados pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), órgão que controla e fiscaliza o mercado de seguros. Dessa forma, existe a possibilidade de ter um plano com mais qualidade, preços mais justos e um maior número de proteções para os respectivos membros.

Mas para ter esse tipo de proteção extra, é necessário fechar um contrato com a empresa e, mensalmente ou anualmente, pagar a taxa do seguro auto. Caso não seja feito o pagamento, é possível que a organização não ofereça as proteções ou até mesmo cancele o acordo, retirando o vínculo com a pessoa.

 

Os benefícios de contar com uma boa seguradora

Ter um bom serviço de seguro de carro é sinônimo de mais proteção. Consequentemente, também significa que você terá uma série de coberturas indispensáveis para ter total segurança em todos os momentos que você estiver no trânsito.

E quando analisamos as principais vantagens que um bom seguro leva, devemos considerar pontos como:

  • Preço justo
  • Coberturas adequadas (se possível, personalizáveis)
  • Proteção à terceiros
  • Facilidade de consertos
  • Suporte 24h

Assim, você não precisa se preocupar com nada ao rodar por qualquer lugar já que, se acontecer algo, basta contatar a seguradora que você fechou o contrato para ter todo o auxílio necessário e resolver o problema.

Vale lembrar que todas as informações referentes ao seu plano – como preço, serviços disponíveis, possibilidade e montante do reembolso – podem ser analisadas durante o momento em que você está fazendo a cotação de seguro. Dessa maneira você consegue decidir se é uma boa opção para você (analisando financeiramente e se você tem todas as proteções desejadas) ou não.

Mas agora que você já sabe as diferenças entre uma seguradora e uma cooperativa, que tal conferir o Blog da Pier Seguradora para entender melhor sobre o seguro auto e evitar pegadinhas antes de assinar o seu contrato? Venha conosco e tenha o melhor cuidado com o seu veículo!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: