Início » Descubra como ativar o seguro auto em caso de roubo ou furto

Descubra como ativar o seguro auto em caso de roubo ou furto

por Time Pier
Criado em

2 min de leitura

Auto
5
(1)

O seguro de carros contra roubo e furto protege o carro apenas contra situações desse tipo. Ou seja, não há responsabilidade com outros gastos que ocorrerem, como reparos a danos após acidentes, substituição de peças ou cobertura a terceiros.

Vale ressaltar que roubo e furto são ações diferentes. Aprenda a diferença:

Roubo

Subtração do bem mediante grave ameaça ou violência ao segurado, sem a possibilidade de resistência, ou seja, quando existe a apropriação de um objeto alheio através de ameaça, violência física ou psicológica – equivalente a um assalto.

Exemplo: assaltantes armados abordam você e sua família no carro , mandam os ocupantes desembarcarem e levam o veículo.

Furto

Subtração do bem mediante a destruição ou rompimento de obstáculos, deixando sinais da ocorrência, nesse caso o ladrão leva algo sem estabelecer contato com a vítima – portanto, sem emprego de violência ou ameaça, configurando o furto.

🚗 Exemplo: Seu carro está estacionado em uma via pública e durante a sua ausência, é levado por alguém.

Como funciona o Seguro de carros para roubo e furto?

No caso de roubo ou furto, os danos podem ser totais ou parciais, essas especificações conferem garantias diferentes.

Danos Totais

Caso o veículo não seja recuperado no prazo definido em apólice ou tenha perda total, o segurado passa a ter direito a indenização com valor integral. Se o carro foi recuperado com danos estimados acima de 75% do seu valor de tabela, o segurado também tem direito à indenização total. Essa indenização é baseada no valor da tabela FIPE.

Danos Parciais

Agora, o estorno parcial é para quando ocorrer sinistro (o carro roubado sofreu danos, mas é possível de ser recuperado) cujo valor seja inferior aos 75% do custo do automóvel segundo o mercado.

Levaram meu carro, e agora?

Caso passe pelo estresse de ter seu veículo roubado ou furtado, siga os seguintes passos:

➡️ Faça um B.O.

A primeira coisa a se fazer é chamar a polícia para o registro do boletim de ocorrência: Quanto antes conseguir registrar sua queixa, melhor, pois facilita o trabalho das autoridades para tentar recuperar seu carro. É interessante notificar também a Polícia Rodoviária Federal, a fim de prevenir tentativas de fuga para outras cidades.

Em caso de roubo, tente se lembrar do maior número possível de detalhes sobre a situação, como horário, local, informações sobre o veículo e eventuais testemunhas. Informe também se algum objeto pessoal ou documento foi levado junto. Tudo isso pode ajudar o trabalho dos policiais.

Lembre-se que o boletim de ocorrência é fundamental para o próximo passo.

➡️ Contate sua seguradora

Procure acionar a empresa o mais rapidamente possível assim como fez com a polícia.

Normalmente, a seguradora pede documentos pessoais e do veículo para dar início ao processo. Porém, se tiver um seguro de carros digital como o da Pier, esse processo pode ser realizado pelo aplicativo de modo rápido e fácil.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: