Blog da Pier » Tudo sobre o 5G: conheça essa nova tecnologia

Tudo sobre o 5G: conheça essa nova tecnologia

Os dados móveis já são conhecidos por muitas pessoas que precisam usar o celular enquanto estão na rua. E mais recentemente surgiu o 5G, uma evolução da tecnologia 4G. Entenda mais sobre o assunto nesse guia completo!

por Time Pier
Criado em

4 min de leitura

Smartphone
5
(1)

Os avanços tecnológicos estão cada vez mais presentes em nosso dia a dia, possibilitando uma maior conectividade entre as pessoas e o uso de novos dispositivos também. Tendo isso em mente, no dia 5 de julho de 2022 surgiu o sinal puro de 5G no Brasil.

Com diversas evoluções quando comparada ao 4G, rede de dados móveis anterior (e ativa em diversos dispositivos), muito se fala principalmente sobre a alta velocidade e disponibilidade de ter mais de um objeto conectado simultaneamente com baixo tempo de resposta.

Mas se você é uma pessoa que ainda não conhece essa nova modalidade de Internet para celulares, te convidamos a ler esse conteúdo para ficar sabendo tudo sobre o 5G e conferir se vale a pena trocar de celular para receber essa tecnologia ou não. Boa leitura!

 

O que é o 5G?

A conexão 5G é a mais nova geração de tecnologia de ponta quando analisamos a questão da Internet móvel, usada principalmente em celulares. Ele é a evolução do atual 4G, muito usado por todo o Brasil.

Outro ponto interessante de se analisar, e que é inclusive uma das diferenças que traremos mais para frente, é que ele tem como premissa conectar muitos objetos à internet de forma simultânea, como celulares, relógios, semáforos, carros autônomos, drones, coleiras e outros dispositivos, mesmo que muitos deles já consigam se conectar a alguma rede atualmente.

💡 Vale lembrar: a grande maioria dos planos para celular atuais já possui cobertura para esse tipo de rede, o que faz com que não seja necessário trocar de chip ou fechar um novo acordo com a empresa.

🗺️ Onde encontrar: Ela está disponível em regiões de mais de oito capitais brasileiras como Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Goiânia, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. O processo de liberação começou no dia 5 de julho, mas até agosto foram adicionados novos locais com a cobertura.

No entanto, ainda é previsto pela Anatel que mais antenas sejam instaladas com o passar dos anos, com um cronograma que vai até 31 de julho de 2029, onde todas as cidades com mais de 30 mil habitantes terão uma antena para cada 15 mil habitantes, além de cobertura em todos os municípios com essa quantidade de cidadãos.

 

As principais diferenças que ele oferece

Após entender o que é 5G, a dúvida que fica é sobre o que ele tem de diferente quando comparado com a tecnologia anterior. A primeira coisa, e que não é algo totalmente positivo, é que o alcance das ondas é menor, o que requer mais antenas para espalhar o sinal.

Agora, analisando os aspectos positivos, o principal deles se dá na velocidade, já que ela é de 20 a 100 vezes maior que uma conexão excelente de 4G. É claro que nem sempre ele vai atingir as velocidades em sua totalidade, mas mesmo o valor mais básico já é muito mais rápido.

Somado a isso, existe ainda:

  • Tempo de resposta mais ágil (latência menor)
  • Mais estabilidade na conexão
  • Maior confiança na rede 
  • Um maior número de dispositivos que podem estar conectados de uma só vez 

Ou seja, não teremos só celulares com 5G, mas também semáforos, carros e outros objetos que podem (ou poderão) se conectar na mesma rede de Internet.

Por outro lado, também existe a possibilidade de haver uma mudança nos aparelhos celulares, fazendo com que eles sejam cada vez mais semelhantes aos computadores. Isso acontece já que as maiores velocidades farão com que grande parte do processamento das tarefas passe a ser na nuvem, ao invés de ocorrer no próprio chip.

 

Ele vai funcionar em todos os celulares?

Infelizmente, nem todo celular atual é compatível com o 5G

Mas existe uma notícia boa! 🎉 Hoje existem dispositivos de diferentes faixas de preço que já podem se conectar com o 5G, desde aqueles mais básicos (com custo de até R$ 2.000) e opções de celular iOS e Android mais caros, e de mais alta tecnologia, que você pode ter e já são nativos com a nova Internet.

Mais do que isso, assim como a criação do 4G não causou o desligamento do 3G e o 2G, o mesmo se dá agora: essa nova tecnologia não vai substituir por completo a anterior, o que tornará possível usá-la ainda, mesmo quando estiver disponível em mais locais por todo o Brasil. E por mais que a promessa seja de uma Internet muito rápida, com muita potência e mais conectividade, o 5G também não vai substituir conexões fixas como o Wi-Fi.

 

Vale a pena comprar um celular novo para usar o 5G?

Se você é uma pessoa que deseja ter uma conexão mais rápida, comprar um smartphone que tenha compatibilidade 5G é uma ótima ideia, tendo em vista todos os benefícios que essa tecnologia vai oferecer. Principalmente se você já estava pensando em trocar de aparelho há um tempo. Esse é um bom momento para adquirir um novo aparelho, que funciona com essa nova tecnologia, já que eventualmente existirá a chance de você sentir a necessidade dela.

Agora, se você não tem tanto interesse, não está em uma região com cobertura ou não faz uso dos dados móveis que torne necessário comprar um celular novo que se conecte com essa novidade, o mais recomendado é esperar mais um pouco. Desta forma, cada vez mais modelos com esse recurso estarão disponíveis no mercado, fazendo com que o preço abaixe também. Afinal, o bom e velho 4G não será substituído e nem deixará de funcionar.

Mais tecnologia, mais segurança:  a Pier Seguradora possui cobertura contra roubo e furto para celulares com 5G. Acesse o nosso site e faça uma cotação. Todos os nossos planos de seguro celular são mensais, sem carência e sem franquia. A combinação perfeita para você aproveitar toda a tecnologia do 5G onde quiser!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: