Blog da Pier » O seguro auto para carros usados é mais barato?

O seguro auto para carros usados é mais barato?

O tempo de uso do veículo e a quilometragem rodada são pontos que exercem influência no seu valor. Ou seja, é comum encontrar mais de um valor para um mesmo carro ao analisar modelos de anos distintos. Mas o seguro? Será que ele também muda com os anos? É o que vamos ver no conteúdo de hoje!

por Time Pier
Criado em

3 min de leitura

Auto
5
(1)

Assim como na hora de comprar um carro existem diversos fatores que influenciam na decisão final, alguns aspectos também fazem total diferença quando analisamos o preço de um seguro para veículos. Nesse momento, alguns pontos de dúvida surgem:

  • O seguro vai ser mais barato porque o carro é mais antigo e tem menor valor?
  • Ou o seguro será mais alto porque as chances de dar um problema são maiores?

💡 Neste conteúdo nós vamos explicar tudo sobre: precificação de seguros, desde os pontos que podem alterar o valor até mesmo se é mais barato para os modelos mais rodados e se o preço pode aumentar com o tempo. Boa leitura!

 

O que é levado em consideração para a precificação do seguro de um carro?

Ao todo, existem algumas coisas que são importantíssimas no preço do seguro para carros, e que fazem com que seja importante ficar de olho, sendo elas:

  1. Modelo do veículo: aqui, estamos falando sobre o ano, custo de mercado, preço na FIPE e índice de roubo.
  2. Idade do condutor: motoristas mais novos (até 25 anos de idade), e consequentemente menos experientes ao volante, tendem a ter um seguro mais elevado pelo fato de serem mais suscetíveis a sofrer sinistros.
  3. Uso do automóvel: esse ponto diz respeito à frequência do uso e para que ele é empregado. Quanto menos você usar, mais barato tende a ser o seguro, já que as chances de ter um acidente são reduzidas também.
  4. Onde ele fica estacionado: ter um local adequado para parar o veículo e deixar por um grande período de horas pode abaixar o preço do seguro à medida em que isso é uma segurança extra contra furtos, roubos e eventuais danos.
  5. Local em que o proprietário mora: em uma cidade, as regiões têm diferentes índices de roubo e furto, e é exatamente por isso que o CEP da residência do segurado influencia no valor do produto.

Outro ponto que pode influenciar na precificação é a questão de ter um rastreador instalado no carro. Algumas seguradoras usam esse artifício para encontrar o seu veículo após um roubo, por exemplo.

🚘 É importante lembrar: outro ponto que altera o valor são os serviços, coberturas e assistências disponíveis no plano. 

 

O seguro para carros seminovos e usados é sempre mais barato que o para carros novos?

Após entender quais são os fatores que podem fazer com que um contrato de seguro seja mais alto ou mais baixo, a dúvida que fica é sobre a possibilidade de pagar menos para proteger carros seminovos e usados.

Uma coisa que influencia diretamente em quanto custa um seguro é a questão de que, conforme o carro vai ficando mais velho, ele tem uma maior tendência de ter problemas mecânicos. Ou seja, é possível encontrar o serviço mais barato para os zero quilômetro, tendo em vista que eles têm menos riscos de enfrentar problemas e as suas peças são mais fáceis de encontrar.

No entanto, isso não é regra: Veículos mais velhos podem ter o seguro mais barato do que modelos mais novos, esse cenário pode variar de acordo com modelos específicos. 

Então a melhor resposta é que não, não é sempre que os seminovos e usados possuem um plano mais barato do que um zero quilômetro, e cotar o seguro auto é a melhor coisa que você pode fazer para saber quanto ficará na sua situação, com base em todos os aspectos que trouxemos na lista do tópico anterior.

 

O preço do seguro aumenta com o tempo?

O grande ponto que você precisa ficar de olho para o seu seguro auto diz respeito ao tempo de uso do seu veículo. Conforme um estudo feito pela TEx (insurtech pioneira no sistema de MultiCálculo e Gestão para Corretoras de Seguro e responsável pela tabela IPSA) em junho de 2022, houve uma grande variação nos preços do plano.

De acordo com os dados, o Índice de Preços do Seguro Automóvel (IPSA) aponta que o preço de seguro para veículos com mais de 6 anos de fabricação e uso pode ser até o dobro do valor dos carros novos

Ou seja, até existem casos em que os preços para manter a proteção nos automóveis mais velhos é menor, mas é necessário ficar de olho, pois isso pode subir. De toda maneira, é muito possível que com o passar dos anos o preço do seu plano não se mantenha o mesmo que era quando você fez a cotação de seguro. Isso acontece já que, como citamos no primeiro fator levado em consideração para chegar ao preço, a tabela FIPE interfere diretamente. 

✨ Dica Pier: Quer saber quanto vai custar o seu seguro? Vem fazer uma cotação com a Pier. Totalmente digital, em menos de 1 minuto você já tem os valores para a sua mensalidade. Nosso seguro é sem carência e você pode cancelar quando quiser. Clique e confira! 

Gostou de saber mais sobre a questão do valor do seguro auto para veículos seminovos, novos e usados? Para saber ainda mais sobre esse universo, confira alguns stories: 

 

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

Dia mundial sem carro Prêmio Reclame AQUI 2022 As 5 maiores dúvidas sobre o Seguro Celular O que é RNPC? Seguro ou rastreador?
%d blogueiros gostam disto: