Blog da Pier » Posso fazer seguro no nome de outra pessoa?

Posso fazer seguro no nome de outra pessoa?

O seguro foi feito para levar mais praticidade e tranquilidade para todos os dias, bem como muito mais proteção também. Mas é exatamente por isso que surge a dúvida sobre poder contratar esse serviço em nome de outra pessoa.

por Time Pier
Criado em

3 min de leitura

Segurês
5
(1)

Para quem busca mais proteção, ter um seguro é uma ótima alternativa. Por meio deste serviço você tem mais tranquilidade, afinal, o bem escolhido estará seguro contra as mais variadas situações. Além de contar com todo o suporte da seguradora. No entanto, uma dúvida que surge é sobre a possibilidade de fazer seguro em nome de outra pessoa, que nesse caso não seria a titular ou real proprietária do bem a ser protegido.

🔒 Tipos de seguro: Para ficar mais fácil, ao longo do texto, vamos trazer o exemplo tendo o seguro de carro como base. Tenha em mente que, dependendo das diretrizes da seguradora, as informações nesse conteúdo valem também para todos os tipos de seguros

 

O seguro precisa estar no nome do dono do carro?

Como mencionamos, isso depende das normas que a seguradora de veículos possui, já que a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados, órgão que fiscaliza esse mercado) permite que cada empresa tenha regras próprias. Mas existe, sim, a possibilidade que o candidato do seguro contrate um plano mesmo sem ser o proprietário do veículo.

Muito disso acontece já que, na maioria dos casos, as empresas tomam como base três tipos de pessoas para o seguro auto: o principal condutor do automóvel, a pessoa a qual o veículo está no nome e o segurado. 

Essas três pessoas possuem impactos diferentes, e elas podem ser pessoas diferentes também. Por isso, pode existir uma diferença no preço do serviço para cada uma delas.

Assim, é de extrema importância prestar atenção nessa informação durante a cotação de seguro, já que normalmente é nesse momento em que você vai saber quais são as regras da empresa e como isso impactará no seu serviço.

 

É necessário ter o nome limpo para contratar esse serviço?

Outra dúvida que pode surgir quando falamos sobre o contrato de seguro diz respeito a estar com o nome limpo ou sujo, e se isso interfere na possibilidade de ter essa proteção extra.

De acordo com normas da SUSEP, as seguradoras não podem rejeitar o seu seguro apenas por você ter o nome na lista do SPC/Serasa. Sendo assim, se você está com o nome sujo, não é necessário pedir que outra pessoa coloque o nome dela no seu seguro para que você tenha ele ao seu lado.

Mas é importante saber que, em casos assim, as apólices podem sofrer alterações. Ou seja, é possível que o valor seja um pouco mais alto ou que existam condições extras, como ter que pagar o seguro à vista, por exemplo.

De toda maneira, se você for rejeitado por causa do nome sujo, o mais recomendado a se fazer é entrar em contato com a SUSEP para informar o ocorrido. E já que a restrição de crédito não é um motivo plausível para a rejeição do seguro, que esse serviço é um direito para todas as pessoas, isso pode acarretar em uma multa para a seguradora.

 

Estando em nome de outra pessoa, existe alguma mudança nas proteções oferecidas pela seguradora?

Quando analisamos todas as coberturas disponíveis em uma apólice de seguro, é importante analisar que, seja estando em nome do proprietário do veículo ou não, as proteções que você pode ter não sofrem alteração. Isso acontece já que, normalmente, é você quem escolhe contra o que quer se proteger de acordo com o que é importante para você.

O que devemos ter em mente é que pode haver uma alteração no valor final para cada uma das três pessoas consideradas e que explicamos anteriormente, e muito disso ocorre devido a fatores como o perfil de quem contratou o serviço. Aqui é analisando principalmente o tempo de habilitação e a possibilidade de sofrer/causar um acidente.

A grande diferença que você precisa ficar de olho é sobre o reembolso, e isso vale tanto para seguro online como nas modalidades convencionais. Afinal, a pessoa que vai receber a indenização – dependendo do que ocorrer – é aquela em que o seguro está no nome. Sendo assim, fique atento a esse ponto e veja se realmente compensa fazer o seguro em nome de outra pessoa ou se é melhor fazer no seu nome mesmo!

✨ Quer conhecer uma opção de seguro descomplicada e sem letras miúdas? A Pier oferece opções de proteção para celular e carro, com pagamento mensal e sem carência. Saiba mais e faça uma cotação!

E se você gostou de saber mais sobre a possibilidade de contratar seguro em nome de outra pessoa e quer conhecer ainda mais sobre esse universo a fim de não cair em pegadinhas ou ter surpresas indesejadas, confira o Blog da Pier e entenda tudo a respeito desse tema!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: