Início » Quem pode ter um seguro? Quais os principais tipos e benefícios desse serviço?

Quem pode ter um seguro? Quais os principais tipos e benefícios desse serviço?

por Time Pier
Criado em

4 min de leitura

Segurês
5
(1)

Criado há muito tempo e operante até hoje, o mercado de seguros teve um avanço enorme nos últimos anos e, consequentemente, um alto potencial de movimentar muito dinheiro por ano. Mas você sabe o que é o seguro, quem pode ter esse serviço e tudo o que torna tão importante e, consequentemente, valioso hoje em dia?

Para tirar todas as suas dúvidas a respeito desse assunto, nós da Pier fizemos um conteúdo explicando tudo sobre este serviço que pode levar muita praticidade e segurança para todos os dias. Então confira conosco!

O que é o seguro?

Seguro é o nome dado a um contrato estabelecido entre duas partes. De um lado temos uma pessoa que deseja proteger um bem material ou patrimônio, e do outro a seguradora, que são as empresas que oferecem esse tipo de serviço.

Usando palavras próprias e termos únicos específicos para esse universo, a primeira coisa que devemos entender para saber mais sobre esse serviço é o que significa sinistro.

Vamos supor que você possui um contrato com uma empresa para proteger o seu carro contra furto. Se, de fato, o veículo for furtado, essa é uma situação de sinistro de seguro à medida em que você precisará acionar o seguro para resolver a situação.

Vemos, então, que a seguradora entra em ação caso ocorra algo que a pessoa tem cobertura, enviando uma indenização ou oferecendo o auxílio na chamada franquia seguro para auxiliar no conserto do bem danificado.

Logo, existem outros dois pontos interessantes e fundamentais para entender, que são o reembolso – quando a empresa devolve o dinheiro, em um valor pré-estabelecido, para o segurado – e a franquia – que é o teto de participação do segurado para reparar prejuízos causados por acidentes -.

Somado a esses dois, existem também os serviços adicionais que podem ser incluídos no contrato. Eles são os mais variados e dependem do tipo de seguro, ponto que entraremos no próximo tópico, mas sempre garantem proteção contra as mais variadas situações adversas que podem acontecer.

Tudo isso, no entanto, é garantido por meio do pagamento de um valor que pode ser cobrado à vista ou mensalmente, dependendo das diretrizes de cada instituição, chamada de taxa ou prêmio.

Devemos mencionar ainda que existe um prazo no qual o contrato fica ativo, conhecido como validade. Tudo o que acontecer depois desse período não garante qualquer remuneração ou auxílio, sendo necessário renovar ou contratar outra vez.

Quem pode ter um seguro?

No geral, qualquer pessoa que tenha um bem que queira proteger é elegível para contratar um seguro sem maiores problemas, desde que consiga pagar as parcelas mensais.

O único ponto de atenção, no entanto, é que a pessoa deve seguir algumas regras e diretrizes particulares do contrato a fim de não perder o direito ao benefício contratado.

Quais os principais tipos?

Existe mais do que um tipo de seguro que pode ser contratado. Um dos mais famosos, e até mais buscados entre os brasileiros devido ao alto número de automóveis, é o seguro auto. Por meio dele, o veículo é protegido contra furto, roubo, perda total, panes e acidentes, entre outros.

Já o seguro residencial (que cobre danos em imóveis) e o de vida (que indeniza a família do segurado em casos de falecimento, incapacidade temporária total ou parcial, diagnóstico de doenças terminais ou câncer, despesas médico-hospitalares ou odontológicas em acidentes ou Diária por Incapacidade Temporária ), também começaram a ganhar espaço dentro do mercado.

Mas existe ainda o seguro celular – que é um jeito de prevenir prejuízos causados por furto ou roubo do aparelho -, o seguro patrimonial – que varia conforme a necessidade do contratante, mas oferece proteção para os negócios – e o para máquinas e equipamentos eletrônicos, comum em casos de ferramentas usadas na atuação profissional.

Por que é importante ter um seguro?

Quando vemos que é uma maneira de evitar problemas como prejuízos financeiros, já conseguimos entender porque é importante fazer uma cotação de seguro e fechar o contrato com a melhor opção para o que você precisa. Mas não para por aí, existem outras razões que tornam esse serviço tão essencial para o dia a dia, que são:

➡️ O seguro é uma maneira de oferecer proteção para os seus bens em todos os momentos;

➡️ Você possui um ótimo custo-benefício (analisando o prêmio e o valor do reembolso);

➡️ Proteção para toda a família, dependendo do tipo que você escolher;

➡️ Coberturas de acordo com  que você precisa;

➡️ Acesso à diversas assistências;

➡️ Mais segurança financeira.

Como se todos esses benefícios não fossem o suficiente, é importante lembrar que você possui menos dores de cabeça e mais tranquilidade quando comparado ao processo que você teria que enfrentar para contornar uma situação adversa sozinho, tudo graças à possibilidade de contatar a seguradora e deixar que ela resolva o problema.

Um seguro online é uma boa opção?

Com todo o avanço tecnológico dos dias de hoje, surgiram empresas oferecendo a modalidade de seguro online. Esse tipo de serviço é um grande facilitador por ser fácil de acionar, simples para resolver eventualidades e levar mais comodidade em tudo.

Isso se dá desde o momento inicial de cotar o seguro, tendo em vista que você não precisa nem sair de casa para fazer o processo. Basta acessar o site da seguradora, preencher os dados necessários e conferir pontos cruciais como: mensalidade, montante do reembolso, situações protegidas e assistências disponíveis.

Além disso, todo o processo de fechar o contrato pode ser feito virtualmente, ao mesmo tempo em que o pagamento é feito virtualmente também, da forma como você preferir.

Já o contato normalmente é feito via aplicativo de mensagem instantânea (como o WhatsApp, por exemplo) ou pelo próprio app da empresa. Fácil de sinalizar um sinistro e rápido para resolver a sua situação.

E se você quer conhecer melhor sobre o universo dos seguros para fazer uma simulação e não cair em pegadinhas nos contratos, confira o Blog da Pier onde trazemos diversas dicas enriquecedoras para você!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: