Início » O que um bom Seguro Auto tem que ter? Te explicamos tudo sobre este serviço

O que um bom Seguro Auto tem que ter? Te explicamos tudo sobre este serviço

por Time Pier
Criado em

6 min de leitura

Auto
5
(1)

Escolher um bom seguro de automóvel nem sempre é uma tarefa fácil. Com diversas opções no mercado, é necessário analisar uma série de fatores para encontrar e decidir, qual será mais benéfico para o seu veículo e para o seu bolso também.

Mas para quem está em busca de um bom seguro de carro ou moto para ter mais tranquilidade no dia a dia, mesmo se algum imprevisto acontecer, fique tranquilo! Nós elaboramos este conteúdo para tirar todas as suas dúvidas sobre o que um bom seguro auto possui.

Venha com a Pier e entenda tudo sobre esse assunto para fazer a melhor escolha para cuidar do seu carro ou moto sem ter algum tipo de prejuízo ou cobrança indevida por serviço que não vai usar. Boa leitura!

Para começar: quais as coberturas de um bom seguro auto?

Já que existem muitos tipos de seguro auto, é possível encontrar diversas coberturas. Dentre eles, um muito comum – e muito acionado – é o serviço de guincho, que normalmente leva o automóvel para a oficina de confiança mais próxima em caso de reparos ou falhas. Mas para ter total proteção para o seu veículo, o mais aconselhado é ter um seguro veicular que abranja tudo o que você precisa.

Sendo assim, o ideal é que ele tenha cobertura contra roubo ou furto, danos parciais, perda total, guincho e panes elétricas ou mecânicas. Com todas estas garantias, é possível circular mais tranquilamente pelas ruas, uma vez que a maioria dos problemas possíveis é previsto no contrato e você não terá prejuízos.

Mas para quem quer ainda mais segurança, existe ainda a possibilidade de contar com ajuda para troca de pneu, serviço de chaveiro para não trancar o carro com a chave dentro e também a assistência para falta de gasolina, levando o carro ao posto mais próximo de onde você estiver.

Quanto mais coberturas e assistências você tiver, melhor será já que, independente do que acontecer com o seu carro ou moto, você poderá contatar a seguradora para resolver o imprevisto.

Quais as avarias asseguradas?

Os tipos mais comuns em um seguro de carro e moto são os casos de sinistro. Ou seja, somente se ocorrer um acidente que cause danos à estrutura do veículo é que a proteção do seguro poderá ser acionada. A diferença, no entanto, se dá entre qual é a porcentagem considerada como perda total e quanto entra somente como danos parciais (ponto fundamental para ter noção se haverá o estorno para o proprietário, que explicaremos mais para frente, ou se a franquia é quem entrará em ação).

Além disso, incêndios e explosões também estão dentro da lista de coberturas, sejam elas causadas por um acidente ou não.

É importante lembrar que é possível encontrar seguros de veículo que também englobam problemas mecânicos e elétricos para ajudar em um maior número de episódios que podem ocorrer no trânsito e, assim, você não ficará a ver navios nenhum momento.

É possível ter reembolso no seguro auto?

Algo muito discutido quando o tema é o seguro de veículo e as respectivas coberturas, é a questão do reembolso.

Antes de seguirmos, devemos ter em mente que existe a possibilidade sim de receber dinheiro da seguradora. Mas, para isso, existem algumas situações específicas e você não receberá o valor total que pagou, ou está pagando, para comprar o seu carro.

No momento em que você decide simular o seguro auto com uma empresa que achou interessante, você concede dados como o ano, modelo e quilometragem do veículo. Isso é importante para fazer a análise na tabela FIPE, que nada mais é do que um índice que contém o valor médio dos veículos, separados de acordo com as informações que citamos acima.

Por meio dela, você receberá um valor acordado no momento de fechamento de contrato que pode variar entre 70% a 120% (dependendo da seguradora e do acordo firmado) do que está prescrito na FIPE. E se ela não for usada devido às diretrizes da seguradora, normalmente é estabelecido um preço fixo para que a indenização possa ser estabelecida.

Mas todos os casos são passíveis de restituição? Não! Somente se o veículo sofrer perda total, seja roubado ou furtado e, não seja encontrado. Nas outras situações, como danos parciais, por exemplo, entra a franquia do seguro, que estabelece até quanto você pagará e com quanto a seguradora entra para fechar os orçamentos.

Para ficar fácil de entender, se a franquia for de R$1.300 e os reparos custam R$2.000, você paga R$1.300 e a seguradora completa os R$700 faltantes. Por outro lado, tudo que for abaixo de R$1.300 depende somente do dono do veículo.

Sobre carência e fidelidade

Duas coisas que você deve se atentar para saber se encontrou um bom seguro são a carência e fidelidade. A primeira característica diz respeito ao tempo de espera para poder acionar a assistência se tiver algum problema. Apesar de muito comum nos modelos convencionais, hoje é possível encontrar seguros que não têm esse tempo de espera, o que garante segurança no mesmo dia ou no dia seguinte ao que você fechou o contrato.

Já quando falamos sobre fidelidade, o mais comum é ter planos fechados de um ano ou mais, onde você deve ficar com a seguradora por todo o tempo contratado. Caso ao final do período você continue com ela, é possível ter uma série de benefícios; mas, em compensação, você precisa ficar durante todos os meses previstos mesmo se não gostar do serviço.

É por isso que hoje tem sido cada vez mais comum a criação de seguros sem fidelidade, onde você assina e cancela no momento que quiser, sem precisar pagar multa de quebra de contrato ou pagar a mais para isso.

Tive uma falha no meu veículo, como é possível contatar a seguradora?

Pense comigo: você está se preparando para uma viagem que planejou por muito tempo mas, quando está na estrada, tem uma adversidade – seja um acidente, um pneu furado ou uma pane elétrica, entre outros -. Você tem seguro, mas quando liga para falar no canal de comunicação e pedir assistência, demora para ser atendido e não adianta de nada.

Esta é uma reclamação muito frequente nos seguros convencionais: falta de atendimento personalizado, rápido e prático para reportar sinistro, solicitar ajuda e solucionar algo.

Para fazer diferente e facilitar este trâmite, principalmente nas modalidades de seguro online, o uso dos aplicativos de mensagem instantânea ou apps próprios das empresas têm ganhado cada vez mais espaço e revolucionado este mercado. Afinal, assim tudo fica mais fácil de resolver ao mesmo tempo em que fica bem mais acessível e fácil de utilizar.

Então não se esqueça: na hora de cotar o seguro, analise qual e como é o meio de contato com a seguradora, e procure por mais praticidade para os seus dias.

Além de ter as assistências que você pode vir a utilizar, outra qualidade de um bom seguro auto é o atendimento 24h. Comum entre a maior parte das seguradoras, ela é fundamental já que, independente da hora em que você tiver uma emergência, é possível contatar a empresa para contornar o problema.

O valor do seguro

A busca por um seguro de carro barato não vem de hoje, e é de se entender já que ninguém quer pagar muito para ter o bem protegido. Mas devemos lembrar que isso varia conforme fatores como o ano do veículo, se é novo ou usado, a quilometragem rodada, marca e modelo, bem como a idade do proprietário.

Como se isso não fosse suficiente, o valor do seguro de carros e motos também é influenciado pela quantidade de serviços que você possui, e isso não muda mesmo se você não puder escolher quais assistências deseja ter no plano ou até mesmo se você não as utilizar no decorrer dos dias.

Por isso, para quem está procurando por um seguro auto personalizado, que cabe no seu bolso, tem as principais coberturas e um ótimo atendimento, desde o momento de simulação até o fechamento do contrato e o reembolso, se necessário, a Pier é a melhor pedida!

Com o nosso seguro você protege o seu veículo contra roubo e furto, perda total, danos parciais, guincho, pane elétrica ou mecânica, falta de gasolina, troca de pneu, chaveiro e estacionamento por uma noite – em casos onde não é possível um conserto para o mesmo dia; tudo isso com um valor acessível e que cabe no seu bolso.

Agora que você já sabe o que um bom seguro auto possui, que tal ler mais conteúdos sobre seguros de automóveis para não ter problemas na hora de contratar ou de acionar a seguradora? Confira o Blog da Pier e fique totalmente por dentro do assunto!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: